Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Pedidos de adiantamentos e devoluções

Custos do campo do maxaquene

Face ao exposto, vimos por meio desta proceder à devolução do montante de 2.188.200 Mt

 

A 17 de Novembro de 2009, o Maxaquene solicitou ao grupo Afrin, em carta, “o pedido de adiantamento sobre o valor da venda do (seu) campo” na ordem de 200 mil dólares.
Eis a parte importante da carta assinada por Imtiaz Amuji, José Solomone Cossa e Nuro Americano: “Como é do conhecimento de V. Exas na qualidade de parceiros e compradores do campo do C. D. Maxaquene, mais uma vez agradeciamos que fosse dado corpo à conversa estabelecida entre o responsável do pelouro de futebol, sr. Imtiaz Ali Esep Amuji, o qual na ocasião colocou a necessidade de disponibilização de 200 mil dólares americanos para permitir a reorganização de condições para a época desportivo de 2010”.

O grupo AFRIN não terá reagido às pretensões do Maxaquene e só a 14 de Outubro de 2010, quase um ano depois, é que o sócio gerente da Afrin Imobiliária, Mahomed Salimo Jussub, endereçou uma missiva à direcção “tricolor” em que manifestava a “disponibilidade de efectuar uma prestação de verbas monetárias para efeitos de custear a operação da reorganização e criação de condições para a época desportiva de 2010.

 

 

 

O Afrin estava disposto a pagar 60 mil dólares, numa primeira fase, e propôs que os remanescentes 140 mil dólares fossem desembolsados numa ocasião posterior, que coincidisse com a entrega do campo de futebol do Maxaquene.

 

 

 

Fonte:O Pais

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.