Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

TORNEIO DE FUTEBOL INFANTO-JUVENIL – BEBEC: Chamanculo vinca hegemonia

capitaoO BAIRRO de Chamanculo conquistou, sábado, o sétimo título no Torneio de Futebol Infanto-Juvenil, vulgo Bebec, vencendo Malhangalene por duas bolas sem resposta, no epílogo do maior evento que junta anualmente a pequenada da cidade do Maputo.

 
 

Este é o segundo título consecutivo que Chamanculo ganha e elevando cada vez mais a sua hegemonia, pois possui mais um troféu comparativamente ao bairro da Maxaquene.

A final entre Chamanculo e Malhangalene proporcionou, de algum modo, uma tarde exuberante aos amantes do futebol de palmo-e-meio. As duas formações exibiram-se a um nível aceitável e a vitória chamanculense foi merecida pela forma como se apresentou em campo, com uma estrutura sólida e determinada, mesmo nos momentos críticos.


Foi em duas ocasiões em que a defensiva foi encontrada em contrapé que o artilheiro António Santos e o meio-campista Basílio Carlos bateram o guarda-redes Edilson Pedro, respectivamente aos 11 minutos da primeira parte e 25 minutos da segunda.

 

Malhangalene teve uma excelente reacção, mas encontrou muitas dificuldades no reduto mais recuado do Chamanculo, que se defendeu em bloco nos momentos de aflição e, nalgumas vezes, foi o guarda-redes Manuel Vasco que evitou o perigo junto à sua baliza.

O golo de António Santos acabou afectando psicologicamente Malhangalene, razão pela qual lhe faltou alguma clarividência nos momentos cruciais, sobretudo na segunda parte, em que se esforçou à busca da igualdade, mas perdia o esférico a favor do adversário quando chegasse na zona de rigor.


E foi nessas descidas que acabou sendo encontrado em contrapé, quando António Santos, em contra-ataque rápido, venceu o último homem da Malhangalene e bateu categoricamente o guarda-redes Edilson Pedro.

 

 Aliás, teria sido ainda António Santos a elevar a vantagem para 2-0, quando, bem servido por Alexandre Adopelela, não conseguiu acertar a baliza, mesmo isolado, atirando ao lado.    

Malhangalene teria reduzido a vantagem aos 18 minutos da etapa complementar, mas o guarda-redes foi às alturas desviar o esférico para canto.

Já no período de compensação, o talentoso António Santos atirou para o poste em mais um contra-ataque rápido, falhando o terceiro tento para Chamanculo.

FESTA INVULGAR

 
 

AS finais masculina e feminina do Bebec foram acompanhadas por momentos invulgares. Ginástica massiva e actividades culturais, nomeadamente exibição de danças tradicionais pela pequenada deram um outro charme ao evento, que contou com a presença de figuras como o Vice-Ministro da Juventude e Desportos, Carlos de Sousa, governadora da cidade do Maputo, Lucília Hama, director da Juventude e Desportos da Cidade do Maputo, António Munguambe, e membros de direcção da Associação Bebec.

 

Lucília Hama foi quem dirigiu a cerimónia de premiação das equipas e dos atletas mais destacados, que, para além de troféus e medalhas, receberam “kits” de material escolar.

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.