Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Moçambola-2011 já tem previsão de custos

 

Alberto Simango JuniorA Edição-2011 do Moçambola vai custar perto de um milhão e quinhentos mil dólares americanos, cerca de 49 milhões de meticais.

A informação foi revelada por Alberto Simango Júnior, presidente da Liga Moçambicana de Futebol, em GrandeEntrevista à STV.

 

Na mesma entrevista, Alberto Simango Júnior falou dos projectos a que propõe levar a cabo, caso seja reeleito. A confirmar-se, “o nosso objectivo no segundo mandato, caso os clubes nos dêem mais uma oportunidade, será tentar fazer um pouco mais para que a liga de futebol seja uma referência, não só a nível nacional, mas também a nível da região”.

Na mesma entrevista, Alberto Simango Jr. reconhece que o futebol, através das ligas, é que cria as maiores atençõe

s, pois é lá onde se envolvem os grandes negócios do próprio futebol, sobretudo se se puder exportar mais jogadores e pontenciarmos a nossa própria selecção.

 

Recorde-se que o mandato da actual direcção terminou em Maio do ano passado, mas as eleições ainda não estão marcadas.

Alberto Simango garante, entretanto, que as mesmas serão organizadas ainda no decorrer do primeiro trimestre deste ano. “Em princípio, quando for convocada a assembleia-geral, iremos incluir a componente eleições e penso que tudo vai acontecer antes do arranque da época- 2011. Refiro-me ao campeonato nacional”, esclareceu.

 

A prova que deverá ter início na primeira semana de Março será disputada pelas equipas da Liga Muçulmana de Maputo; Maxaquene; Ferroviário de Maputo; Costa do Sol; Desportivo de Maputo; Macthedje; Atlético Muçulmano; Vilankulo FC: Incomáti de Xinavane; Ferroviário da Beira; HCB do Songo; Sporting da Beira; Chingale de Tete e Ferroviário de Nampula.

 

Neste momento, as equipas estão na fase de pré-época, com os olhos postos no arranque do campeonato. A única excepção vai para as formações do Maxaquene e da Liga Muçulmana que estão, igualmente, a trabalhar com as afrotaças no horizonte, designadamente, a Taça da Confederação Africana de Futebol e a Liga dos Clubes Campeões Africanos, respectivamente.

 

Maxaquene fecha com derrota


O Maxaquene fechou o seu estágio de dez dias, na vila fronteiriça de Namaacha, sofrendo uma derrota por uma bola a zero, diante do Sundwons, segundo classificado da Suazilândia.

Ontem, foi dia de regresso à capital e, ainda, reservado para a equipa se dedicar à sauna, deixando para o dia de hoje o regresso aos treinos, no campo da Machava.

 

O programa todo é conjugado no sentido de um arranque feliz, com vista a fazer frente atrês principais desafios, nomeadamente, a sua participação na primeira eliminatória que dá acesso à fase de grupos da Taça Nelson Mandela, o Moçambola 2011, e a revalidação do título da Taça de Moçambique mcel-2011.

 

Para a Taça Nelson Mandela, o Maxaquene vai defrontar ainda este mês o AS Adema de Madagáscar, na cidade de Antananarivo.

 

 

Fonte:O Pais

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.