Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

BASQUETEBOL–LIGA NACIONAL VODACOM - Beirenses à busca da surpresa


AS duas formações do Chiveve na Liga Nacional de Basquetebol Vodacom estarão, este fim-de-semana, na mira dos seus adversários da capital do país, que procurarão tirar partido do factor casa para se desembaraçarem dos sempre aguerridos e “incómodos” beirenses.

Depois de ontem se ter realizado o embate entre Matolinhas e Maxaquene e, esta noite, o Costa do Sol visitar, em Quelimane, o Sporting/Soprotecção, Ferroviário e Desportivo da Beira jogarão, sucessivamente amanhã e no domingo, com os candidatos ao título Desportivo e Ferroviário de Maputo, numa dupla jornada – terceira e quarta – que tanto promete muita espectacularidade como também algumas mexidas na tabela classificativa, por enquanto liderada “ex aequo” pelas equipas treinadas por José Delfino e Horácio Martins.


Particularmente em relação aos “locomotivas” beirenses, que à semelhança dos “alvi-negros” da capital ganharam os seus dois primeiros encontros, reina uma grande expectativa em seu redor e até alguma apreensão sobre as suas actuais capacidades, depois de no campeonato transacto terrem protagonizado exibições de se lhe tirar o chapéu, tendo, inclusive, discutido a grande final com o Maxaquene até às últimas consequências. Porque são escassos os dados a seu respeito, os seus oponentes preparam-se com todo o cuidado para que não sejam surpreendidos.

O Ferroviário da Beira inicia a campanha maputense amanhã, a partir das 18.00 horas, no pavilhão dos “tricolores”, à frente do Desportivo, sinónimo de que, com o resultado que se verificar no final da contenda, a questão do comando repartido da prova já não existirá, pois o vencedor do jogo passará imediatamente à dianteira, isolado. Os “alvi-negros” apresentam-se com maior número de probabilidades de triunfar, até porque, depois de terem ultrapassado o Maxaquene dos americanos, ficaram aprovados com distinção.

No mesmo recinto, às 16.00 horas, o Ferroviário de Maputo não deverá ter grandes problemas para “despachar” o Desportivo da Beira, um time que teve uma estreia muito abaixo daquilo que se esperava, perdendo ambos os desafios.

Já em Quelimane, mais concretamente no pavilhão da Favezal, o mesmo que esta noite recebe o Sporting/Soprotecção-Costa do Sol, a partir das 21.00, a turma zambeziana terá pela frente o Maxaquene, com os detentores do título a poderem mobilizar a atenção de muitos adeptos locais, tendo como principais atractivos as suas novas aquisições estrangeiras. O jogo, amanhã, começa às 20.00 horas.

Domingo, será um dia de verdadeira maratona basquetebolística na “catedral”, senão vejamos: Desportivo de Maputo-Desportivo da Beira (15.00 horas), Matolinhas-Costa do Sol (17.00) e Ferroviário de Maputo-Ferroviário da Beira (19.00), com este último a ser um despique susceptível de grande interesse.