Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Moçambola-2010: Liga segue impetuosamente

 


AGORA com a liderança mais reforçada, a Liga Muçulmana segue impetuosamente no comando do Moçambola-2010, mercê da sua vitória sobre o Desportivo por 2-1 e beneficiando da derrota do Ferroviário de Maputo, em pleno Estádio da Machava, frente ao Matchedje, por 2-1. Cumpridas 17 jornadas, a formação treinada por Artur Semedo soma 40 pontos, contra 36 dos “locomotivas”, que somaram a segunda derrota consecutiva na prova, após terem perdido no Songo na ronda anterior.



A Liga Muçulmana cumpriu a primeira parte da contanda a vencer por uma bola sem resposta, golo de Silvério, para, na etapa complementar, Cantoná elevar a contagem. O “alvi-negro” Santos, que tinha acabado de entrar, reduziu a desvantagem.

Mantendo-se na perseguição aos primeiros classificados está o Maxaquene, que desta vez teve a particularidade de sair vencedor no “derby” da semana, derrotando o Costa do Sol por uma bola sem resposta, o suficiente para alcançar a HCB (31-31) na tabela classificativa. A equipa tetense empatou sem abertura de contagem na sua deslocação a Boane, onde defrontou o Atlético Muçulmano.

Grande subida teve o Matchedje, do oitavo para o sexto posto, com a sua vitória sobre o campeão nacional, graças a dois tentos da autoria de Gregório, ambos de cabeça e, curiosamente, na sequência de pontapés de canto executados por Tchotchó, fazendo uma reviravolta no marcador, pois o Ferroviário foi ao intervalo a ganhar, com golo do atacante Luís.

O “derby” beirense foi francamente agradável, porém, para tristeza dos adeptos de ambos os “times”, não teve golos, saindo assim empatados Ferroviário e Sporting. Outra igualdade verificou-se na capital do Niassa, mas a um tento, no embate entre FC Lichinga e Vilankulo FC. Quem está a dar-se muitíssimo bem com o raro relvado do Estádio Municipal de Pemba é o Ferroviário local, que derrotou o Textáfrica por 2-0, sem no entanto se livrar da lanterna vermelha.

Na classificação, Liga Muçulmana soma 40 pontos, seguida do Ferroviário de Maputo com 36, Maxaquene 34, HCB de Songo 31, Desportivo 23, Matchedje 22, Costa do Sol 21, Sporting 20, Ferroviário da Beira e Vilankulo FC 19, Textáfrica 18, e, abaixo da linha de água, FC Lichinga e Atlético Muçulmano 15 e Ferroviário de Pemba 13.
 
 
Fonte:Jornal Noticias