Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Basquetebol em Maputo: Sete anos depois Desportivo no pódio

 


AO que tudo indica, o período de hibernação da bola-ao-cesto “alvi-negra” já pertence ao passado. É que, apesar de em todas as temporadas apresentar um time recheado de estrelas e por via disso à altura de discutir os títulos nacional e da capital do país, a verdade manda dizer que, no momento da verdade, o Desportivo, invariavelmente, falha. Desta vez, com os fantasmas espantados, a conquista do Campeonato de Basquetebol de Seniores Masculinos da Cidade de Maputo, sete anos depois, não causou espanto a ninguém, pois constitui a mais fiel tradução da supremacia exercida pela formação treinada por Horácio Martins, nomeadamente diante do seu maior rival Maxaquene, com quem discutia tenazmente o ceptro ora ganho.



A derradeira jornada, disputada sábado à noite no pavilhão do Estrela Vermelha, não decidia rigorosamente nada, tendo em conta que o Desportivo já havia assegurado o título, depois de o Maxaquene ter perdido perder frente ao Costa do Sol na ronda anterior. Desse modo, o encontro entre os vizinhos somente tinha como atractivo o natural desejo dos dois conjuntos numa despedida em grande. E, neste aspecto, os “alvi-negros” voltaram a ser felizes, ao vencerem pela marca de 77-63, alargando assim o fosso em relação aos segundos classificados.

Nos confrontos directos com o Maxaquene, o Desportivo marcou a sua superioridade, daí não restar a menor dúvida quanto ao seu feito. Na primeira volta, tinha ganho por uma diferença confortabilíssima de 42 pontos (93-51), vincando desde logo a sua condição de candidato sério à conquista do título citadino. Porque diante dos outros adversários, designadamente Costa do Sol e Ferroviário, os seus triunfos aconteceram sem reticências, perante os vizinhos “tricolores” apenas foi a confirmação de uma equipa que na Liga Vodacom seguramente apresentar-se-á como um concorrente a ter em conta, a menos que, como vinha acontecendo, deslize quando menos se espera.

Noutra partida da derradeira jornada da fase final do Campeonato de Basquetebol da Cidade de Maputo em Seniores Masculinos, o Ferroviário, então detentor do troféu, apesar de ter derrotado o Costa do Sol por 67-57, não deixou de ser uma decepção, pois, a avaliar pelo potencial da sua formação, o lugar que lhe era reservado não tem nada a ver com a última posição.

Concluída a prova, o Desportivo somou 12 pontos, Maxaquene e Costa do Sol nove cada e Ferroviário sete. Estas quatro equipas da capital do país já garantiram a sua presença na fase nacional da Liga Vodacom, juntamente com Ferroviário da Beira, enquanto a sexta formação sairá do confronto entre os apurados das três zonas.
 
Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.