Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Mart Nöoij apresenta seus adjuntos à FMF

 


APESAR de a assinatura do vínculo contratual com a Federação Moçambicana de Futebol ter sido efectuada de forma discreta, o início de trabalho do novamente seleccionador nacional não será “às escondidas”. Mart Nöoij já sabe o que lhe espera pela frente e, vai daí, entrou em acção ontem com um encontro com o vice-presidente para Área das selecções, António Chambal, com quem começou a discutir o plano de trabalho dos “Mambas”. Mas, antes que isso aconteça, o técnico holandês deverá apresentar hoje à FMF a proposta dos seus dois adjuntos, e não três, como era sua pretensão.



Sem lhe impor, segundo António Chambal, a Federação avançou o nome de João Chissano, com o qual, em princípio, Mart Nöoij concorda. Aliás, ainda ontem ambos travaram uma primeira conversa de aproximação e, tendo em conta que o ex-técnico “canarinho” já havia manifestado interesse à FMF de abraçar o projecto da selecção, tudo leva a crer que concordaram em trabalhar juntos.

Outros nomes preferidos pelo holandês são os de Mano-Mano e Tico-Tico, este último, em virtude de não possuir formação como treinador, com possibilidade de seguir para um curso na Holanda. Quanto a Chababe, que chegou a ser conjecturado por Mart Nöoij, a sua indicação foi sumariamente rejeitada pela Federação, com quem tem um litígio a conhecer os seus trâmites no Ministério do Trabalho.

Da discussão com António Chambal, o seleccionador nacional ficou de apresentar o plano para os “Mambas”, que a 5 de Setembro iniciam a campanha de qualificação para o CAN Gabão/Guiné-Equatorial-2012, assim como um projecto específico para os Jogos Africanos de Maputo-2011, dado que a realização deste evento no nosso país terá implicações no calendário futebolístico do próximo ano, daí a necessidade da sua elaboração atempada.

Para as datas-FIFA deste ano, designadamente 11 de Agosto e 7 de Novembro, Mart Nöoij deverá também dar a conhecer as suas preferências em relação aos adversários a defrontar, embora a FMF tenha em mão convites do Egipto, Namíbia e Quénia, os três para jogar fora de portas.

Existe ainda um outro desafio dos “Mambas” a ser preparado: o da inauguração do Estádio Nacional do Zimpeto, em Dezembro, com a selecção a ser convidada ainda em estudo entre Federação e Ministério da Juventude e Desportos.
 
Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.