Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

12.Jul.10

MUNDIAL-2010 - Espanha campeã

 


O PRIMEIRO Campeonato Mundial de Futebol em solo africano teve um campeão inédito. O mundo do futebol tem, indiscutivelmente, a sua melhor equipa. E, para sempre, um novo integrante para a sua elite. Que a Espanha seja bem vinda à galeria! Uma entrada para a galeria que se verificou ontem à noite no Estádio Soccer City, em Joanesburgo, após derrotar a Holanda na final por 1-0, golo da autoria de Andrés Iniesta, aos 116 minutos, isto é, a quatro do fim do prolongamento, uma vez que os 90 minutos expiraram com a igualdade a zero bola.



O Mundial 2010 teve a final que mereceu. Um jogo muito bem disputado, e cheio de um drama bem positivo. A decisão foi levada quase até ao limite, mas um golo de Iniesta, garantiu a festa espanhola. A Holanda foi uma digna finalista, mas o campeonato da África do Sul acabou por coroar uma geração de luxo, que poucos países se podem dar ao luxo de dizer que tiveram igual. O mundo do futebol tem um novo campeão!

Ainda que estivesse prometido que ambas as equipas se iam manter fiéis ao guião habitual, que é como quem diz ao futebol de ataque, já seria de esperar que a Espanha tivesse um pouco mais de posse de bola, e que a Holanda jogasse de forma mais vertical.

O início do jogo confirmou essa expectativa. A Espanha seguiu a receita do costume, trocando a bola com mestria no meio-campo e depois procurando o passe de ruptura. Estabilizada defensivamente, a Holanda começou a aparecer mais no ataque, mas o golo temia em não aparecer para nenhuma das formações em campo, facto que aconteceu até ao final dos 90 minutos.

E porque a decisão merecia ir até ao limite, mesmo no prolongamento ninguém parecia querer o troféu. Fabregas imitou Robben e permitiu a defesa do guarda-redes, quando estava isolado. A Holanda sofreu um duro golpe ao minuto 109, com a expulsão de Heitinga, e acabou por sofrer o golpe final a quatro minutos do fim. Iniesta, o melhor em campo, garantiu o título mundial, dedicado ao falecido Dani Jarque.

Um lance muito discutido, de resto. O médio espanhol não está em posição irregular, no lance decisivo, mas, segundos antes, o árbitro da partida ignorou um canto a favor da Holanda.

Antes da final, no sábado, em Port Elizabeth, numa outra partida dramática, a Alemanha garantiu o terceiro lugar e a consequente medalha de bronze, ao derrotar o Uruguai por 3-2.
 
Fonte:Jornal Noticias