Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

07.Jul.10

Alemanha-Espanha reeditam final do Euro

ALEMANHA e Espanha jogam hoje, a partir das 20.30 horas, no Estádio de Durban, por um lugar na final do Campeonato do Mundo, num duelo que será a reedição da final do último Europeu, disputada na Áustria e na Suíça em 2008, quando os espanhóis venceram por 1-0, com golo de Fernando Torres.

Os dois últimos precedentes nas partidas entre as duas selecções pendem para a Espanha, que, além da final do Euro, venceu o rival por 3-1 a 12 de Fevereiro de 2003.

Mas o histórico de longo prazo tem um balanço propício ao lado alemão. Os dois “teams” encontram-se pela vigéssima vez, com oito vitórias para a Alemanha, e seis para a Espanha e seis empates, além de 27 golos dos alemães e 22 dos espanhóis.

A tricampeã mundial Alemanha chega a esta fase com os níveis de moral e confiança ao mais alto nível, depois de deixar pelo caminho a Inglaterra (4-1) nos oitavos-de-final, e Argentina (4-0), nos quartos-de-final. Com estas vitórias convincentes, os alemães viram reforçada à condição de eternos favoritos, cheios de planos ambiciosos e de expectativas.

O país conquistou o título em 1954, na Suíça, em 1974, jogando em casa, e em 1990, na Itália. Agora, a selecção comandada pelo técnico Joachim Löw prepara-se para tentar conquistar o troféu pela quarta vez, o que a acontecer empatará com a Itália, a selecção europeia com mais títulos.

A equipa combina uma vasta experiência com muita disciplina táctica, e os jogadores estão motivados pela excelente campanha feita até então. É dentro deste espírito que a Alemanha procurará chegar à oitava final, descolando-se do Brasil, com sete finais.

Mas para lograr os seus, os comandados de Joaquim Löw terão que superar a campeã da Europa, Espanha, que sem jogar um futebol bonito tem sido eficaz a defender e mortífera no ataque.

A Espanha estreou-se com uma derrota frente à Suíça, mas conseguiu se recompor e terminar em primeiro no grupo após triunfos sobre as Honduras e Chile. Nos oitavos e quartos-de-final bateu Portugal e Paraguai, respectivamente, pelo mesmo resultado (1-0). Sem deslumbrar chegou às meias-finais e procura manter a superioridade sobre a Alemanha registada nos dois últimos jogos.

A Espanha participou em 12 edições, sendo que desde a Alemanha 1974 não esteve ausente de nenhum evento.

A melhor posição já alcançada pelos espanhóis no Mundial foi o quarto lugar no Brasil 1950. A selecção espanhola tem dois títulos internacionais: Euro 1964 e 2008.

A Alemanha, por sua vez, foi vice-campeã mundial na edição do Japão e da Coreia do Sul, em 2002, terceiro classificado, jogando em casa, em 2006 e vice-campeã europeu em 2008, na Áustria e na Suíça.

Os alemães estiveram presentes em todas as edições do maior evento do futebol mundial, excepto em 1930 e 1950, ocasiões em que não disputaram as eliminatórias.

 
Fonte:Jornal Noticias