Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

27.Mai.10

“Ranking” da FIFA: Moçambique sobe quatro lugares



MOÇAMBIQUE subiu quatro lugares no “Ranking” da FIFA ocupando agora a 85ª posição de acordo com a actualização ontem divulgada em Zurique, Suíça, que é a última antes do Mundial da África do Sul. O Brasil continua líder seguido pela Espanha.

Com as preparações para o Mundial a intensificarem-se, pouco mais de 20 jogos amigáveis foram disputados no mundo nas últimas semanas. Consequentemente, houve poucas alterações na actualização do “Ranking” Mundial.

O duelo pelo topo da lista entre o líder, Brasil, e a campeã europeia, Espanha, continua. Ambos têm boa vantagem sobre o pelotão formado por Portugal, Holanda e Itália. Em seguida vêm Alemanha, Argentina, Inglaterra e França e, mais atrás, dois países que não estarão na África do Sul, Croácia e Rússia, e que devem perder ainda mais terreno após o torneio.

Já os anfitriões do Mundial receberam um incentivo: a selecção sul-africana não só venceu dois amistosos como ganhou sete posições no “Ranking”, mais do que qualquer outra equipa. A África do Sul agora ocupa o 83º lugar. Os únicos países que conquistaram um avanço semelhante foram Omã (que aparece na 91ª posição, depois de subir seis degraus) e Estónia (em 99º lugar, galgando cinco posições). No grupo dos 100 melhores, Burkina Fasso (em 48º, com alta de quatro posições) e Montenegro (que avançou uma posição e agora é o 64º classificado) atingiram as suas colocações mais altas desde a criação da lista.

Dos 20 melhores, somente Croácia, Rússia e Egipto estarão ausentes na África do Sul. Com base na nova edição do “Ranking”, o Grupo G — que conta com Brasil, Portugal e Costa do Marfim — ainda é o mais equilibrado da Copa do Mundo, contanto que apenas as três melhores selecções sejam tomadas em conta. A média do trio é de 1239 pontos e 10º lugar. No entanto, levando-se em consideração as quatro selecções, o Grupo D, da Alemanha (18º lugar é a classificação média), encabeça o “Ranking”, enquanto o Grupo H, da Espanha, é o mais forte em termos de pontuação (1013 em média) — à frente do suposto "grupo da morte", cuja média é o 34º lugar e 1000 pontos.