Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

19.Mar.10

AFROTAÇAS-2010 - Recuperação de Josimar anima hostes “canarinhas”

 


APESAR da longa e estafante viagem que está a efectuar, cumprindo o percurso Maputo-Nairobi-Cartum-Atbara, com prolongadas paragens de permeio, o Costa do Sol mostra-se animado face à paulatina recuperação de Josimar, que saiu lesionado do embate de sábado passado, em Blantyre, entre as selecções do Malawi e de Moçambique. Para a satisfação de João Chissano, o “baixinho” já se apresenta em boas condições e é quase certo que deverá alinhar no domingo, diante do El Amal.



Após seis horas de viagem entre Maputo e Nairobi, na madrugada de ontem, os “canarinhos” acabaram por não treinar na capital queniana, tal como estava programado, mas, segundo o “mister”, o facto não constitui motivo de grande preocupação, pois o dia de hoje está reservado a importantes ensaios que o treinador contemplou no seu plano, para além do treino amanhã à noite no estádio onde terá lugar a partida.

Embora esteja a confrontar-se com uma viagem extremamente cansativa, o grupo respira alegria e mantém os meus níveis de confiança na obtenção de um resultado tranquilizador. O adversário é praticamente desconhecido, mas o facto de ter afastado o representante do Ruanda é um dado a ter em conta, para além do factor casa que sempre tem o seu peso.

Mas a grande preocupação nas hostes “canarinhas” continua a ser o ambiente que lhe espera em Atbara, isto é, se será ou não bem recebido, dado que, infelizmente, aqui em África o jogo de bastidores é muito forte, com artimanhas logísticas à mistura, com a finalidade de afectar psicologicamente a turma visitante.

A luz artificial é, igualmente, um dos obstáculos, mas há a consciência nos jogadores de que esta deve ser a primeira barreira a superar, se de facto quiserem sair de Atbara com um resultado que lhes abra portas para resolverem a eliminatória em casa.

O capitão Mambo está ciente de que será um desafio difícil, afirmando que a solução passa por a equipa aceitar o sacrifício e dar o seu máximo.

Quanto ao resultado, Mambo disse que é sempre bom ganhar fora de casa. “Apesar de se tratar de uma situação diferente, vamos fazer valer o princípio de que é possível vencer fora de casa, como fizemos com o Flamingo Santos, do Botswana. Esta vitória criou uma grande motivação entre nós, inspirando-nos cada vez mais para enfrentarmos esta eliminatória com o mesmo afinco”.

Para Atbara, João Chissano leva os seguintes 17 jogadores:

Guarda-redes – Antoninho, Abu e Joaquim.

Defesas
– João Mazive, Kito, Dito, Jonas e Elísio.

Médios – Sanito, Mambo, Payó, Josimar, Ruben e Hilário.

Avançados
– Tó, Pery e Vivaldo.

SALVADOR NHANTUMBO, nosso enviado