Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

19.Mar.10

A grande maratona futebolística começa amanhã: Bem-vindo, Moçambola!

 


EIS o momento mais sublime do futebol moçambicano! Eis o momento de o país inteiro, de lés-a-lés, se aglutinar em redor de uma competição que é verdadeiramente o símbolo da moçambicanidade, levando a grande festa do futebol para as cidades e vilas, localidades e vilas mais recônditas deste imenso território. Eis, enfim, o momento de os adeptos do jogo da bola, e não só, jubilarem e viverem ocasiões inolvidáveis, tanto em relação aos seus clubes do coração como aos outros. É o Campeonato Nacional de Futebol! É o Moçambola-2010, que a partir da tarde de amanhã arranca, trazendo consigo as emoções que fazem dele uma prova verdadeiramente apaixonante.



A expectativa é muito grande, ao mesmo tempo que se espera por um campeonato bastante competitivo e com desfecho imprevisível, à semelhança do ano passado, quando a decisão do título somente ocorreu na derradeira jornada. São 14 as equipas participantes, designadamente Ferroviário, Desportivo, Costa do Sol, Liga Muçulmana, Maxaquene, Matchedje, da cidade de Maputo; Atlético Muçulmano, da província do Maputo; Vilankulo FC, de Inhambane; Textáfrica do Chimoio, de Manica; Ferroviário e Sporting da Beira, de Sofala; HCB de Songo, de Tete; FC Lichinga, do Niassa; e Ferroviário de Pemba, de Cabo Delgado.

À partida, e como sempre sucede, o Moçambola-2010 tem os seus principais candidatos à conquista do título nacional. O Ferroviário de Maputo apresenta-se com maior número de probabilidades, porém, Desportivo e Costa do Sol não ficam atrás. Na segunda linha surge o Maxaquene, ora bem estruturado do ponto de vista de Direcção e a apresentar-se com desejo de regressar ao galarim. Nova no panorama futebolístico moçambicano, mas já a dar verdadeiras cartas, a Liga Muçulmana é uma autêntica incógnita, até porque foi buscar um treinador que é uma eminência e um vasto leque de reforços, fazendo dela uma formação a ter em conta na luta pelo título.

Ferroviário da Beira, Matchedje e HCB de Songo preenchem o outro grupo de formações com ambições que, mesmo não sendo exactamente do título, procurarão se imiscuir no grupo da frente, mercê da sua experiência e daquilo que foram capazes de fazer em 2009. Atlético Muçulmano, Textáfrica e FC Lichinga fazem parte do último degrau entre os que vêm do campeonato transacto, dado que Vilankulo FC, Sporting da Beira e Ferroviário de Pemba são novidades que ninguém ousa arriscar sobre o seu potencial, embora se saiba que não concorrentes ao pedestal de honra.

O Moçambola-2010 terá o seu pontapé-de-saída amanhã, às 15.00 horas, no campo do Maxaquene, na Machava, que também será palco do festival de abertura, contemplando a realização de animadas sessões culturais, com música ligeira de permeio. Responsáveis governamentais de nível central e provincial, dignitários da Liga e da Federação Moçambicana de Futebol estarão presentes nesta cerimónia, que se espera colorida e aliciante, à semelhança do que aconteceu nos anos passados.

Em relação ao campeonato propriamente dito, iniciará com o embate entre Maxaquene e Ferroviário de Pemba, com os “tricolores” favoritos, mas os novos primodivisionários naturalmente dispostos a estragar a festa da equipa de Arnaldo Salvado.

A jornada inaugural terá mais quatro partidas na tarde de domingo, com o registo da estreia de dois novos campos, na província do Maputo. Na Matola, a Liga Muçulmana receberá no seu nóvel recinto o Textáfrica, para em Boane, no recinto da Olympáfrica, o Atlético Muçulmano enfrentar o Sporting da Beira. No Chiveve, mais concretamente no campo do Ferroviário da Manga, os “locomotivas” da Beira terão pela frente o Matchedje, enquanto o FC Lichinga, sem o seu relvado ainda pronto, jogará em Nampula, no Estádio 25 de Junho, com o Desportivo.

Por realizar ficarão os jogos Ferroviário de Maputo-Vilankulo FC e HCB de Songo-Costa do Sol, adiados devido à participação dos “locomotivas” e dos “canarinhos” nas Afrotaças. Entretanto, a Liga Moçambicana de Futebol já marcou estes dois jogos para o dia 31 de Março.