Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

03.Mar.10

Em Assembleia-Geral Ordinária: Maxaquene elege nova Direcção

 

O CLUBE de Desportos da Maxaquene reúne esta noite em Assembleia-Geral Ordinária, com um único ponto na agenda: eleição dos novos corpos sociais para o quinqiénio 2010-2014.

 

Solomone Cossa (dir.) com Abdul Carimo Issá

Tudo indica que apenas uma lista concorre neste escrutínio, ou seja, a reunião magna da colectividade “tricolor”

vai apenas confirmar Solomone Cossa como presidente do clube, na sequência do voto de confiança que lhe foi concedido pelos sócios, face ao bom trabalho realizado pela comissão de gestão que dirigiu durante os últimos oito meses.

 

A referida comissão de gestão foi criada para preencher o vazio de direcção, depois de abortar a realização das eleições nas primeiras duas sessões da Assembleia-Geral, entre Abril e Maio do ano passado, devido à falta de consenso nos esforços visando a constituição de uma única lista entre Solomone Cossa e Rafindine Mahomed, este último a concorrer para o segundo mandato.

 

A Assembleia-Geral desta noite é o prosseguimento da sessão extraordinária convocada para 30 de Janeiro último, com o intuito de analisar as acções levadas a cabo pela comissão de gestão. O acto culminou com a aprovação dos relatórios de actividade e de contas da comissão, mandatada a 23 de Maio de 2009 para dirigir os destinos do clube.

 

CANDIDATO DOS SÓCIOS

 

Solomone Cossa disse ontem ao nosso jornal que concorre como candidato dos sócios, confiado para levar a cabo um projecto que traga coesão entre os membros do clube e acelere o desenvolvimento da colectividade, o que passa pela revitalização de parte das suas infra-estruturas, como é o caso do pavilhão, e a conclusão do negócio do campo de futebol da Baixa, que ainda não conheceu um desfecho.

 

O segundo aspecto é assegurar a sustentabilidade do clube, através de uma gestão transparente e que permita aos patrocinadores depositarem maior confiança à colectividade e poderem, deste modo, continuar a dar o seu apoio.

 

Solomone Cossa referiu que, para além da LAM e dos Aeroportos de Moçambique, os patrocinadores oficiais do clube, os “tricolores” contam com o apoio do Millennium bim, que assegurou a reabilitação do pavilhão, para além de outros parceiros, onde se conta a Petromoc.

 

“Posso assegurar que, nos esforços com vista a criar um clima de coesão, já temos os nossos sócios no clube. Para além de participarem activamente nas reuniões da colectividade, reúnem-se às quintas-feira e têm trazido grandes contribuições para a vida do Maxaquene.

 

Daí que garanto que já não existem alas no seio dos sócios”, disse, ajuntando que todos os membros que têm vontade de trabalhar em prol do desenvolvimento do clube foram e são convidados a participar nas actividades da colectividade.