Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

22
Jan10

CAN ANGOLA-2010: Mart Nooij de saída?

Vaxko Zakarias

QUARTA-FEIRA à noite, em pleno Estádio Nacional da Tundavala, no Lubango, no final do desafio contra a Nigéria e que ditou o afastamento de Moçambique do CAN Angola-2010, o presidente da Federação Moçambicana de Futebol, Faizal Sidat, disse a jornalistas nacionais e estrangeiros que o técnico holandês Mart Nooij não continuaria a dirigir os destinos dos “Mambas”, em virtude de não ter conseguido o objectivo de colocar a equipa, pelo menos, nos quartos-de-final.

Ainda segundo Faizal Sidat, tendo em conta que, durante o presente ano, a selecção não terá uma actividade bastante intensa – apenas tomará parte nas eliminatórias do CAN-Interno -, não se justifica a manutenção de um treinador a tempo pleno como Mart Nooij, com um contrato financeiramente muito elevado.

Só que, nos corredores do hotel onde a equipa se encontra alojada, alguns membros da FMF desmentem a saída do “mister”, afirmando que em nenhum momento a Direcção da Federação se reuniu para tomar tal decisão, pelo que o pronunciamento do presidente cabe só e somente a ele. Por outras palavras, mesmo se colocando a hipótese da não renovação com o holandês, até aqui Mart Nooij é o treinador dos “Mambas”.

Uma fonte da Direcção da FMF disse-nos que é deselegante o técnico tomar conhecimento do seu afastamento através de uma entrevista do presidente aos órgãos de comunicação social, uma vez que a Federação ainda não sentou com Mart Nooij para efectuar o balanço desta competição e nem tão pouco para abordar a renovação do seu contrato ou não.

Enquanto isso, a notícia do afastamento do holandês já circula o mundo e tem sido objecto de muitos comentários em Angola, afirmando-se que Mart Nooij conseguiu fazer um belíssimo trabalho em Moçambique, ao apresentar uma selecção altamente competitiva e que, apesar de afastada do CAN, se exibiu de forma deslumbrante perante grandes adversários como Egipto e Nigéria.

Mesmo os jogadores, que leram a notícia a partir de diversos “sites” internacionais, mostraram-se contrariados com a forma pouco cortês como se anunciou a demissão do seu treinador, independentemente das razões que possam ser invocadas pela Federação.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D