Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

20.Abr.09

MOÇAMBOLA-2009 - Hercúlea luta entre Costa do Sol e Liga

SE um deles ganhar, no próximo domingo, no inusitado confronto que travarão entre si, a contar para a sétima jornada do Moçambola-2009, a liderança partilhada será quebrada. Por enquanto ou definitivamente.

“Costa do sol” sob forte ameaça
Por estas duas formações ou com novos contendores. Por isso, reconheçamos, tem sido bastante interessante a hercúlea luta travada entre Costa do Sol e Liga Muçulmana, empatados no comando da prova, que este fim-de-semana conheceu a sua sexta ronda, com os líderes a somar 16 pontos cada. A difícil deslocação dos “canarinhos” ao Estádio 25 de Junho, em Nampula, acabou sendo transformada numa grande colheita, ao triunfarem por 3-0, um resultado desnivelado e que reflecte a desigualdade competitiva entre os intervenientes.

Por seu turno, em Maputo, Liga Muçulmana derrotou Ferroviário da Beira por uma bola sem resposta, tendo solitário do acutilante ponta-de-lança zimbabweano Sadomba, que assim reforçou a sua posição de guia dos melhores artilheiros do Campeonato Nacional de Futebol.

Sem golos e longe da espectacularidade que se prognosticava, eis como terminou o embate entre Atlético Muçulmano e Ferroviário de Maputo, vice-campeão e campeão nacional, um resultado que provocou algum alarido no seio dos adeptos “locomotivas”, que vêem a sua equipa uns passos atrás dos actuais comandantes.

Aliás, aliam esta igualdade à inesperada derrota sofrida pelos verde-e-branco, na terceira jornada, diantye do Textáfrica, em pleno Estádio da Machava. Ontem, o Vale do Infulene conheceu também algum “sururu”, com os jogadores e equipa técnica do Maxaquene irados com o trabalho do juiz Geraldo Gueze, que francamente prestou um mau serviço à arbvittragem moçambnicvana e manchou a sua classe.

O Matchedje, que não precisava de favor nenhum do árbnitro, venceu por 2-0, mas o segundo tento, de grande penalidade, foi-lhe claramente oferecido e como é obvio agradeceu a brilhante prenda deste “ilustre desconhecido” escalado para um desafioo de tamanha responsabilidade e por ele conduzido de forma vergiobnhosamente irresponsável.

Quem não esteve para sustos foi o Desportiovo, na Soalpo, que afastou todos os “fantasmas” com um triunfo por 1-0. Escasso, sim, mas suficiente para ultraopassar um time que entrou neste campeonato de modo irrepreensível, depois de em 2008 ter estado à beira da despromoção. Em Tete, a HCB de Songo desfez-se do Ferroviário de Nampula, ganhando também por uma bola sem resposta, um desfecho que está a proviocar um verdadeiro caos aos nortenhos, que ainda não conseguiram vencer nesta prova.

Outro empate sem abertyra de conatgem verificou-se no Estádio Municipal 1º de Maio, no ftrente-a-frente entre FC Lichinga e Chingale, dois conjuntos que se enciontrram na zona da despromoção, juntamente com os “locomotivas” nacalenses, os “lanterna vermelha”.

Após a sexta jornada, o Moçambola-2009 tem à frente Costa do Sol e Liga Muçulmana com 16 pontos cada. Seguem Ferroviário de Maputo com 13, Desportivo 11, Maxaquene 10, Atlético Muçulmano oito, Textáfruica e HCB sete, Ferroviário da Beira e Matchjedje seis, Ferroviário de Nampula quatro, Chingale e FC Lichibnga três e Ferroviário de Nacala dois. No próximo fim-de-semana teremos a sétima jornada, com os despiques Textáfrica-Matchedje, Maxaquene-HCB de Songo, Desportivo-Ferroviário da Beira (sábado), Ferroviário de Nampula-Atlético Muçulmano, Ferroviário de Maputo-FC Lichinga, Chingale-Ferroviário de Nacala e Costa do Sol-Liga Muçulmana (domingo).