Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

10.Dez.08

“Nacional” de básquete seniores femininos à porta


É DEFINITIVO: o Campeonato Nacional de Basquetebol Seniores femininos arranca dia 17 e não a 14, como estava anteriormente previsto.


Esta alteração de datas deveu-se ao facto de três equipas da capital do país, nomeadamente Ferroviário, APolitécnica e Maxaquene terem submetido uma carta a solicitar o adiamento por terem algumas jogadoras nos Jogos da SADC e da FEDEM, pedido que foi prontamente aceite pela Federação Moçambicana de Basquetebol (FMB).


Posto isto, Ilídio Caifaz, presidente da FMB, assegura que o Nacional arranca na próxima semana e não sofrerá mais alterações.

A prova realiza-se este ano na capital do país, mais concretamente no pavilhão do Maxaquene, estando já confirmadas as presenças do Ferroviário de Maputo, APolitécnica, Maxaquene e Desportivo, todas da capital do país.

Esta prova irá decorrer no mesmo período do Nacional em seniores masculinos, denominado Liga Vodacom, cujo o arranque dos play-off está agendado para domingo.

A FMB pretende com a realização das provas em simultâneo juntar a família do básquete e proporcionar ao público maiores níveis de espectacularidade e emoção. 

O facto de APolitécnica ser o detentor do título e o Ferroviário o actual campeão da cidade coloca-os como potenciais favoritos à conquista do troféu. Mas este favoritismo pode ser insignificante se se atender que estará em prova um campeão africano, o Desportivo, que se adivinha entrará em campo com níveis de competitividade superiores aos seus directos concorrentes.

As alvi-negras trazem a coroa de campeãs africanas, pelo que do ponto de vista anímico os índices são altos. Há que contar com o facto da senegalesa Anicka Sy, a norte-americana Yolanda Jones e a moçambicana Deolinda Ngulela que actua na Liga Norte Americana continuarem a ser reforços do Desportivo.

Espera-se, deste modo, vida difícil para os adversários das comandadas de Nazir Salé.