Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

24.Nov.09

CAN ANGOLA 2010 - É um grupo forte – segundo António Chambal

“É UM grupo forte. Para mim, dos quatro grupos, o nosso é o segundo mais forte. Primeiro é o grupo B (Costa do Marfim, Gana, Burquina Faso e Togo), depois o nosso. Mas qualquer uma das equipas que estão no CAN quer ir ao mais longe possível.

António Chambal, vice-presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF)
Nós também não fugiremos à regra. Estaremos preparados para ir o mais longe possível se nos deixarem, porque estamos conscientes que todas as selecções jogarão para ganhar”, António Chambal, vice-presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), fazendo uma avaliação do grupo dos Mambas no CAN.

Disse ainda que Moçambique terá que enfrentar dois países (Egipto e Nigéria) que por tradição não ficam na primeira fase, um dos quais é o último campeão, o Egipto. Mas é de opinião que no futebol pode-se esperar tudo. “Ninguém diria que a Argélia fosse afastar o Egipto do Mundial. Ninguém acreditava que Moçambique fosse pôr a Tunísia fora do Mundial. No futebol tudo são incógnitas”.

Em relação ao facto da Selecção Nacional ter que enfrentar a Nigéria, Chambal afirmou ter ficado satisfeito. “Fiquei muito satisfeito por nos ter calhado a Nigéria, principalmente na última jornada”.

Questionado se considera o Benin a equipa mais acessível do grupo e aquela que os Mambas têm obrigatoriamente que ganhar, respondeu: “Não acredito que o Benin seja um adversário fraco. Não conhecemos muito bem o valor do Benin, mas sabemos que venceu o Gana na última jornada. Foi a única equipa que bateu o Gana, impedindo que fizesse uma campanha sem derrota. Então, penso que será um adversário a valer”.

Chambal disse ser benéfico o facto do Benin ser o primeiro adversário dos Mambas. “Nós não os conhecemos, nem eles nos conhecem. Vencerá a melhor equipa”.