Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

05.Nov.08

Cricket: Rio Matola conquista “India Cup”


O “capitão” do Rio Matola recebe o troféu de vencedor
A EQUIPA de cricket do Rio Matola, na província do Maputo, que caba de nascer em Agosto último, surpreendeu aos concorrentes mais assíduos das competições oficiais organizadas pela Associação Moçambicana da modalidade (AMC), ao conquistar a 7ª edição do Torneio Indian Cup, após uma final renhida com Mozambic Gujarat XI, que teve lugar domingo, no Parque dos Continuadores.

Rio Matola sagrou-se vencedor sem perder um único jogo, um excelente feito que não havia sido conseguido por outro clube até agora. Decidiu bater primeiro e marcou apenas 99 “runs”, num limite de 20 “overs” (120 lançamentos).

Estes “runs” foram os mais baixos até hoje marcados numa final e aparentemente parecia de todo impossível defendê-los. Surpreendentemente, deu uma reviravolta para defender os seus “runs” com “unhas e dentes” contra a forte oposição de Mozambic Gujarat XI, que presentemente é a melhor classificada no “ranking” doméstico.

No último “over”, Mozambic Gujarat necessitava de seis pontos em igual número lançamentos, com o seu último par de batedores, mas sucumbiu devido à pressão quando precisava de três pontos em igual lançamentos, face à excelente retirada através de “runs” pelos jogadores do Rio Matola.

E foi deste modo que Rio Matola acabou vencendo a grande final, que teve a honra de ser assistida pelo Ministro da Ciência e Tecnologia, Venâncio Massingue, na companhia do Alto-Comissário da Índia, Rajinder Bhagat, entre outros dignitários e amantes da modalidade.

De salientar que Rio Matola e Mozambic Gujarat chegaram à final após derrotar nas semi-finais Paradise Cricket Club e Grupo Desportivo Ismail por 53 e 28 “runs”, respectivamente.