Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

07.Dez.09

Clubes cabo-verdianos desistem das Afrotaças



AS equipas do Sporting Clube da Praia, campeão de futebol de Cabo Verde, e do Boavista Futebol Clube, vencedor da Taça, decidiram desistir da Liga dos Campeões e da Taça CAF, por falta de meios financeiros.

O presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), Mário Semedo, admitiu também a possibilidade de a selecção do país ficar fora das eliminatórias africanas e de outras provas organizadas pela CAF e FIFA pelas mesmas razões.

Mário Semedo considera que se a FCF não conseguir os meios financeiros para os jogos das eliminatórias do Campeonato de África das Nações (CAN) de 2012 e do Campeonato do Mundo de 2014 iria constituir uma "regressão" para o futebol cabo-verdiano.

Disse que Cabo Verde ficará "mal visto" junto da FIFA e da CAF se estiver ausente nestas eliminatórias, uma vez que grande parte dos projectos conseguidos junto das duas organizações está relacionada com a prestação da selecção nas provas internacionais.

"Apesar da entrada tardia de Cabo Verde nestas provas, a participação nas competições internacionais, tanto a nível da selecção, como a nível dos clubes, tem trazido grandes ganhos para o país", recordou.

Entretanto, o director-geral dos Desportos de Cabo Verde, Inácio Carvalho, disse "estranhar" as afirmações do presidente da FCF, uma vez que o Governo tem financiado a selecção e os clubes nas competições internacionais.

Afirmou que, nos termos da lei, o Estado deve custear 30 porcento das despesas referentes à participação das equipas cabo-verdianas (selecção e clubes) em provas africanas.

Segundo Inácio Carvalho, o Governo apoia sempre a selecção e os clubes com verbas que chegam a ultrapassar 50 por cento das despesas dessas participações.

No mais recente “ranking” mundial da FIFA, divulgado a 20 de Novembro último, Cabo Verde ocupa o 101º lugar, seis posições acima do lugar que atingiu em finais de 2008.

Em Junho deste ano, a selecção cabo-verdiana chegou a ocupar o 94º posto, a melhor classificação da sua história.