Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

27.Jan.09

Inicia semana futebolística de invulgar expectativa: Afrotaças na ordem do dia


ESTA será uma semana verdadeiramente de invulgar expectativa para o futebol moçambicano.


Os representantes do país nas Afrotaças entram em acção, naquilo que constituirá a primeira grande avaliação das suas reais capacidades em relação ao ano de 2009. 


O Atlético Muçulmano, na sua estreia nas competições continentais, será o primeiro chamado à responsabilidade de prestigiar o nosso futebol, quando no sábado receber o Malanti Chiefs, da vizinha Suazilândia, para a Taça CAF, enquanto o Ferroviário, que disputa a Liga dos Campeões, apresentar-se-á no domingo, perante o Kampala City, do Uganda. Trata-se de embates referentes à primeira mão dos dezasseis-avos-de-final destas duas provas africanas de clubes.

Num ano em que a Selecção Nacional tem a gigantesca missão de tentar o apuramento para os Campeonatos Africano e Mundial de 2010, a terem lugar em Angola e na África do Sul, respectivamente, o comportamento dos nossos representantes nas Afrotaças será uma forma de aquilatar, do ponto de vista psicológico e competitivo, aquilo que os Mambas deverão fazer diante dos seus três adversários da derradeira fase de qualificação, designadamente Nigéria, Tunísia e Quénia.

Em mais uma participação na Liga dos Campeões, competição na qual já teve o privilégio de disputar a fase de grupos, na primeira edição do actual figurino, o Ferroviário fará com que o futebol regresse à catedral, no Estádio da Machava, na tarde de domingo.

O adversário, o Kampala City, não constitui nenhuma novidade entre nós, pois já cá esteve e, este ano, fa-lo-á perante um campeão moçambicano com um nível futebolístico bastante apurado e a assumir-se como favorito à transição para a etapa seguinte.

Os locomotivas, que foram buscar o técnico brasileiro Paulo Camargo à Liga Muçulmana, realizaram uma pré-época muito bem preenchida, que, por um lado, tinha em vista proporcionar ao treinador tempo e espaço para escolher o plantel desejado, tendo em conta a avalanche de atletas que acorreu à busca de sorte no Ferroviário, e, por outro, preparar precisamente a prova africana, à qual investirá todo o seu saber futebolístico de modo a chegar à fase de grupos.

O estágio na África do Sul foi descrito pelo técnico como tendo sido proveitoso, em vários prismas: a concentração dos jogadores para um rápido e melhor conhecimento mútuo, tendo em conta os novos ingressos, onde se destacam Mendes, Nené, Henning Comé e os regressados Fred e Pinto, este último guarda-redes; a realização de partidas com formações rotulados da terra do rand, precisamente para conferir a rodagem que, os atletas precisavam para fazer face à missão que lhes aguarda a partir deste domingo.

Um dia antes das emoções no Vale do Infulene, o campo do Atlético Muçulmano, localizado também na Machava, conhecerá o seu primeiro embate internacional de carácter oficial envolvendo os donos da casa. Mercê de uma temporada a todos os títulos magnífica, em que meritoriamente conquistou a Taça de Moçambique e sagrou-se vice-campeã nacional, a formação treinada por Arnaldo Salvado goza da sorte de o seu baptismo africano acontecer diante de um conjunto da modesta Suazilândia, o que a priori abre excelentes perspectivas para a sua transição.

Embora tenha perdido algumas unidades nucleares, que optaram por outros emblemas, o Atlético Muçulmano de forma alguma se rebaixa e promete uma carreira ao mesmo nível do ano transacto. Para o embate com o Malanti Chiefs, a turma moçambicana procurará, nesta primeira mão, explorar ao máximo o facto de actuar no seu terreno e perante os seus adeptos. Aliás, Salvado, depois de ter ido espiar o adversário, é de opinião que o Atlético reúne grandes possibilidades de ganhar a eliminatória, sendo importante que os seus atletas não se inibam face a uma prova continental.

1 comentário

Comentar post