Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

18.Jan.10

CAN ANGOLA-2010: “Mambas” caem na teia egípcia


UM futebol exemplarmente bem elaborado e preparado para se encaixar ao estilo pragmático dos campeões africanos é o prato apresentado pela Selecção Nacional frente ao Egipto na segunda jornada do Grupo “C” da 27ª edição do Campeonato Africano das Nações Angola-2010, disputada na noite de sábado, no Estádio Nacional de Ombaka, em Benguela.

Os “Mambas” estiveram muitíssimo bem, particularmente nos primeiros 45 minutos, mas acabaram por cair na teia montada pelos “Faraós” no segundo tempo e, consequentemente, perdendo por duas bolas sem resposta. Apesar de tudo, a porta dos quartos-de-final continua aberta, mas condicionada à vitória sobre a Nigéria na quarta-feira, na cidade de Lubango.

Descomplexada, a turma moçambicana, com Simão como maestro da orquestra, enfrentou o Egipto como manda o preceito, apresentando o futebol que é apanágio dos seus artistas, daí ter conseguido, nalguns momentos, se superiorizar ao adversário. Todavia, e perante uma defesa bastante forte e aguerrida, os “Mambas” viam as suas jogadas de ataque praticamente morrerem à entrada da área, até porque Gonçalves, que esteve em grande diante do Benin, não encontrou espaço para desbobinar o seu jogo, facto agravado pela pouca aparição desequilibradora do criativo Dominguez.

Frios e calmos, os egípcios aguardaram, com paciência, o momento ideal para trazer à tona todo o seu potencial futebolístico. E tudo se processou logo no início do segundo tempo, com Dário Khan a marcar na própria baliza, na sequência de uma bola bombeada para a zona frontal da baliza de Kampango. A espaços, os “Mambas” esboçavam algum sorriso, para gáudio dos adeptos angolanos e moçambicanos presentes no estádio, mas os egípcios, práticos e eficientes, cimentaram o triunfo por intermédio de Gedo, a 10 minutos do apito final do árbitro.

No outro jogo do grupo, Nigéria venceu Benin por 1-0, golo de Yakubu, na transformação de uma grande penalidade.

Hoje os “Mambas” viajam para a cidade de Lubango, onde na quarta-feira, diante dos nigerianos, decidirão a sua continuidade ou não na prova. As hipóteses existem, mas tal passa pela vitória sobre as “Super Águias”, que têm sido bastante criticadas devido à palidez das suas unidades nucleares. Costa do Marfim e Egipto já estão na fase seguinte, decidindo-se hoje os apurados pelo Grupo “A”, com os encontros Angola-Argélia, em Luanda, e Mali-Malawi, em Cabinda.

ALEXANDRE ZANDAMELA, em Benguela