Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

20.Ago.09

“Triangular Series” de karts em Durban: Pilotos nacionais testam terreno

Campeonato de karting movimenta Maputo
PARTE dos sete pilotos moçambicanos que vão participar na primeira prova do “Triangular Series” de karts nas classes dos Max Challenge, Max Júnior e GP Júnior, que decorrerá no sábado e domingo na pista de Indube, que dista 35 quilómetros da cidade sul-africana de Durban, chegaram ontem ao local dos acontecimentos onde hoje e amanhã deverão efectuar treinos visando o teste do terreno e da velocidade. Os restantes pilotos juntar-se-ão ao grupo hoje.

Dos que vão correr nos Max Challenge, contam-se os pilotos Connor Hughes, que lidera a classe a nível do Campeonato de Karts da Cidade de Maputo, Bruno Campos (segundo), Mauro Costa e Cristian Bouché. No que respeita aos Max Júnior, confirmam-se Megan Prinsloo, o mais destacado na prova do Campeonato da Cidade, e Benjamin Heineken (terceiro). Aidan Hughes é o único confirmado dos GP Júnior e é actualmente o segundo melhor da classe a nível do Campeonato da Cidade, no encalço de Tomás Brazuna.

Contra todas as previsões, o número de moçambicanos inscritos para a prova reduziu-se à metade, com a desistência de alguns pilotos de renome por motivos académicos e profissionais. Nos Max Challenge, contam-se Norberto Varinde, terceiro na prova da cidade, e Jonathan Van Wick. Nos Max Júnior, são os casos de Fredie Nunes (segundo na prova da cidade) e Manuel Brazuna. Por último, nos GP Júnior apontam-se Tomás Brazuna e Tiago de Matos, respectivamente líder e terceiro classificado da cidade, mais Laher e Ariel Maciel.

Entretanto, o primeiro dia da prova (sábado) está reservado a testes cronometrados que vão determinar o posicionamento de cada um dos concorrentes na grelha das competições. As competições em si estão agendadas para domingo.

De salientar que esta é a primeira vez que pilotos nacionais se fazem em massa a uma competição de grande nível na vizinha África do Sul. O presidente do ATCM, António Marques, justificou a iniciativa como uma estratégia dentro do intercâmbio entre o clube e a Motor Sport da África do Sul, sendo que antes eram os sul-africanos que vinham em massa a Maputo.

“Decidimos, no princípio do ano, inverter o cenário com o objectivo de tornar os pilotos nacionais mais competitivos e manter vivo o intercâmbio entre as duas agremiações a nível do desporto motorizado”, contou a fonte, ajuntando que foi neste âmbito que o ATCM e a Motor Sport resolveram organizar o “Triangular Series” em conjunto com o Kwazulu Natal Club e o Nothel Club Verreninging sul-africanos.

António Marques disse que todos os pilotos nacionais foram convidados para o torneio, reiterando que os que não vão é por indisponibilidade própria.

Revelou que a delegação parte com os seus próprios meios, desde os karts, seus respectivos acessórios e deverá igualmente assegurar a assistência técnica aos pilotos.

O “Triangular Series” é um torneio que comporta três provas. Depois do circuito de Indube, seguem-se as provas de Zwarkops (Pretória), que terá lugar a 19 de Setembro, e de Maputo, a realizar-se a 5 de Dezembro