Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

10.Ago.09

MOÇAMBOLA-2009: Costa do Sol, 1-Fer. Nacala, 1 - Que crise!

O COSTA do Sol teima em não ganhar, já passam cinco jornadas. No sábado, quando todos acreditavam que tinha a missão facilitada, eis que, depois de um susto causado pelo golo de Dulá aos 45 (+4) minutos, conseguiu empatar aos 65, por intermédio de Ruben

“ESTOU no Costa do Sol para melhorar os meus níveis de jogo, este é o sentimento do médio-ofensivo, Ruben.
O Ferroviário de Nacala sabia que teria pela frente um Costa do Sol nervoso, à espera de uma oportunidade para dar o pontapé na crise de resultados, daí que preferiu encarar o jogo de peito aberto, à espera de erros alheios que acabaram surgindo ao longo da partida.

Entretanto, quem entrou bem foram os “canarinhos”, que dominaram o jogo pelo menos durante os 20 minutos iniciais, mas os nacalenses conseguiram sacudir essa pressão e, como corolário disso, chegaram ao golo quando já se jogava o quarto minuto do período de compensação. Foi um golo algo caricato, pois surgiu na sequência de um canto directo marcado por Dulá, com a bola a descrever um arco até “beijar” as malhas, não tendo valido em nada o toque de Antoninho.

O Costa do Sol saiu desta forma para o intervalo a perder, daí que se esperava muito dos seus jogadores na etapa complementar, para que no mínimo empatassem a partida. E foi exactamente o que se viu: um Costa do Sol mais pressionante e adulto, com Josimar e Ruben a terem boas combinações, mas não havia a devida finalização quer por Tó quer por Marrufo. E acabou sendo o próprio Ruben a empatar aos 65 minutos, completando um passe de Félix, que acabava de entrar para o lugar de Dito.

Chegou-se a acreditar que seria um golo que empurraria o Costa do Sol a lutar pela vitória, mas nada disso aconteceu porque os falhanços multiplicaram-se até ao apito final de Hélder Napito, que realizou um trabalho aceitável.

FICHA TÉCNICA

Árbitro: Hélder Napido, auxiliado por Francisco Machel e Júlio Mungoi.

Quarto árbitro: João Armando

COSTA DO SOL – Antoninho; João, Jonas, Mambo e Dito (Artur); Silvério, (Félix), Alvarito e Josimar; Ruben, Tó (Júnior) e Marrufo.

FER. NACALA – Schuma; Pascoal, Tamathe, Mariote e Edmundo; Valy (Wazir), Pondo e Pintado; Dulá (Manjate), Ivan (Guedesse) e Romão.

Acção disciplinar: cartão amarelo para Ruben, Romão, Dulá, Edmundo, Pondo, Ivan e Schuma. Vermelho para Romão, por acumulação de amarelo.

Golos: Dulá (45+4´) e Ruben (65´).

ATANÁSIO ZANDAMELA