Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

13.Abr.09

Moçambola-2009: Liga Muçulmana começa a ceder

JÁ não há equipas cem por cento vitoriosas no Moçambola. É que a Liga Muçulmana, única que à entrada para esta quinta jornada somava por vitórias as partidas efectuadas, não foi para além de um empate diante do Desportivo, a uma bola.

Respeitamos o HCB - Professor Neca, Liga Muçulmana
Os “alvi-negros” podem se gabar igualmente de terem sido os primeiros a desfeitearem a baliza de Binó, que ainda não tinha sofrido nenhum golo.

O defesa central Mexer foi quem cometeu a proeza. Os “muçulmanos” foram os primeiros a marcar por intermédio de Sadomba, já no decorrer do segundo tempo, mas os comandados de Artur Semedo viriam a restabelecer a igualdade passados alguns minutos e com toda a justiça, diga-se de passagem. Com este empate a Liga foi alcançada na liderança pelo Costa do Sol.

Os “canarinhos” foram a equipa mais beneficiada da ronda, não só pela vitória convincente sobre o FC Lichinga, por 3-0, mas também porque colou-se à Liga Muçulmana na primeira posição. Ambos têm 13 pontos. Um facto curioso é que até em número de golos marcados e sofridos ficaram empatados (10-1).

O certo é que com a disputa pela primeira posição ao rubro, a maior prova futebolística nacional ganha maior fervura. O Ferroviário de Maputo, detentor do título, segue também bem colocado para, na próxima jornada, atacar a primeira posição, caso a Liga e o Costa do Sol sofram um “desaire”. Os “locomotivas” da capital do país consolidaram a terceira posição ao vencer sábado, no Estádio da Machava, o HCB, por 3-1, e mostraram que estão firmes para lutarem pelo “bis”.

O Maxaquene é outra formação que se manteve na senda das vitórias após ter batido o Textáfrica, por 1-0, depois de na jornada anterior ter superado o Desportivo, seu arqui-rival pelo mesmo “score”. O Atlético Muçulmano, equipa sensação da época passada, foi a Tete arrancar uma preciosa vitória frente ao Chingale, por 2-1, um terreno muito difícil de triunfar.

O Ferroviário de Nampula que noutras épocas apresentou-se muito forte, sobretudo a jogar em casa, continua a desiludir perante o seu público. Desta vez, consentiu um empate frente ao Matchedje, a uma bola. Os “locomotivas” ainda não ganharam nesta prova.

Aliás, há um conjunto de cinco equipas que ainda não sentiram o sabor da vitória, a saber: Ferroviário de Nampula, Matchedje, Chingale, FC Lichinga e Ferroviário de Nacala, que no “derby” dos ferroviários empatou com o da Beira, a zero golo.

Na próxima jornada realizam-se os seguintes jogos: Textáfrica-Desportivo, Matchedje-Maxaquene, HCB-Ferroviário de Nampula, Atlético Muçulmano-Ferroviário de Maputo, FC Lichinga-Chingale, Costa do Sol-Ferroviário de Nacala e Liga Muçulmana Ferroviário da Beira.