Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

23.Jul.09

Campeonato de Karting da Cidade de Maputo: Luta titânica na liderança

A CINCO jornadas da conclusão do Campeonato de Karting da Cidade de Maputo, está cada vez mais complicado qualquer vaticínio em relação ao seu vencedor.

Motores vão roncar bem alto no dia 19 deste mês
É que a luta titânica pela liderança, que vem sendo protagonizada pelos pilotos Connor Hughes e Bruno Campos, neste momento desaconselha um eventual prognóstico, facto que aumenta ainda mais a expectativa em redor da competição. Na quinta prova, havida domingo no kartódromo do Automóvel Touring Clube de Moçambique (ATCM), o triunfo pertenceu a Hughes, que desse modo ultrapassou o seu grande rival, passando a comandar a tabela classificativa com 171 pontos.

Num dia em que o kartódromo contou com a presença de muito público, e com um número considerável de pilotos, a quinta prova foi disputada num ambiente bastante animado, com os concorrentes a darem o máximo de si em busca dos lugares cimeiros, tanto nos Max Challange, como noutras duas categorias, designadamente GP Júnior e Max Júnior.

Relativamente ao Max Challange, os 10 pilotos participantes cedo evidenciaram que protagonizariam uma corrida equilibrada, tendo em conta o nível que registaram nos treinos cronometrados. No epílogo de uma prova espectacular e bastante renhida, Connor Hughes não teve contemplações, ganhando à frente de Bruno Campos, anterior líder do campeonato, e de Varinde Júnior.

Quatro pilotos mediram forças na categoria de Max Júnior, com o jovem Benjamim Heineken, mercê de uma condução segura, a sagrar-se vencedor sem quaisquer problemas. As posições subsequentes pertenceram a Manuel Brazuna, Freddie Nunes e a Megan Prinnsloo, esta última do sexo feminino, que teve a particularidade de conquistar a “pole position”.

Aliás, na sequência dos resultados desta prova, é importante referir que Megan, guia da tabela classificativa, terá que buscar mais arte nas próximas corridas, de forma a não ser ultrapassada pelos seus perseguidores, neste caso Brazuna, Nunes e Heineken.

Na categoria dos mais novinhos, o GP Júnior, destaque para o facto de já ser notório algum talento, prenunciando assim um futuro promissor e mais renhido. O piloto Aidan Hughes, para além de ter sido o mais rápido nos treinos cronometrados, foi quem dominou os acontecimentos em todas as etapas, deixando para trás Victor Figueiredo, Tiaz de Matos e Tomás Brazuna.

No quadro das classificações, Connor Hughes vai na dianteira do Max Challange com 171 pontos, seguido de Bruno Campos 165, Norberto Varinde 135, Tiago Fonseca 111 e Pedro Perino 104. Megan Prinsloo comanda no Max Júnior com 190 pontos, à frente de Freddie Nunes 157, Manuel Brazuna 153 e Benjamim Heineken 134. Por seu turno, Aidan Hughes lidera nos GP Júnior com um somatório de 194 pontos, seguido de Tomás Brazuna 187, Tiaz de Matos 169, Victor Figueiredo 145 e Renier Peinnar 104 pontos.