Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

11.Mai.09

Nacir “falta ao respeito” a Mussá

Não houve irmandade entre Nacir e Mussá

Nacir Armando, técnico do Ferroviário de Nampula

Não houve irmandade entre Nacir e Mussá, este último irmão mais velho do técnico do Matchedje que a jogar em casa emprestada-Estádio da Machava- cedo chegou ao golo, 17 minutos disputados, numa conclusão de Zicco, que num remate forte na zona de finalização bateu Chico, guardião dos homens de Songo.

E a história da primeira parte ficou por aqui. No reatamento, o HCB entrou com uma postura mais ofensiva, chegando com muita frequência ao último reduto do Matchedje que se viu obrigado a recorrer à sua habitual estratégia de queima tempo, com o guarda-redes Victor a ser o esteio dessa manobra, e não surpreendeu quando numa dessas ocasiões viu a cartolina amarela.

Mussá Osman, técnico adjunto
Quando Bernardino dos Santos apitou pela última vez estava bem patente o desalento e tristeza no rosto dos homens que viajaram de Songo e, por outro lado, como seria natural, a alegria dos “militares” pela vitória, com Nacir Armando a destacar que a mesma assentava bem à sua equipa, pois foi a única que conseguiu finalizar.

O técnico do Matchedje disse também que tinha sido uma vitória importante, atendendo os jogos e adversários que se lhes esperam nas próximas jornadas. Já Mussá Osman, seu irmão mais velho, disse que houve uma série de factores que contribuiram para a derrota da sua equipa, nomeadamente os problemas durante a viagem, as perdidas dos seus jogadores, assim como o anti-jogo do adversário.