Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

23.Set.09

Moçambola 2009 - Neca já não é treinador da Liga Muçulmana

A APENAS três jornadas da conclusão do Moçambola-2009 e numa altura em que vários prognósticos e conjecturas são avançados em relação ao nome do futuro campeão, há mudança de treinador num dos candidatos ao título, a Liga Muçulmana.

O técnico português Neca acompanhado pelo Miguel dos Santos
O técnico português Neca deixou, ontem, de ser o timoneiro desta equipa, em face da avalanche de maus resultados registados nesta etapa crucial da prova, situação que terá colocado os “muçulmanos” longe dos lugares cimeiros.

Fonte do clube revelou ao “Notícias” que o Prof. Neca colocou o seu lugar à disposição, aparentemente em reconhecimento do descalabro nos seus objectivos, dado que, após meritoriamente a Liga Muçulmana ter estado na liderança do campeonato durante várias jornadas, de repente e incompreensivelmente caiu de forma drástica, com sucessivas derrotas que acabaram pondo em causa a sua possibilidade de se sagrar campeão.

A posição do “mister” foi corroborada pela Direcção do clube, tendo as partes optado por uma rescisão do contrato por mútuo acordo e de forma amigável, estado este, aliás, que norteou o seu relacionamento ao longo do período em que Neca esteve à frente dos destinos da Liga Muçulmana.

Nesta segunda volta, em particular, para além de terem perdido com os outros concorrentes ao título, designadamente Desportivo, Costa do Sol e Ferroviário, os “muçulmanos” sucumbiram perante Chingale e Ferroviário de Nampula, duas formações com a corda ao pescoço. Aliás, se o clube ainda mantinha acesa alguma esperança, a derrota no Estádio 25 de Junho, na ronda passada, terá agitado a situação, culminando com o afastamento do treinador por livre e espontânea vontade.

A Direcção da Liga Muçulmana aceitou o pedido de demissão de Neca, tendo, para o seu lugar, chamado interinamente o adjunto Miguel dos Santos, que para já tem a nobre missão de, não havendo hipóteses de conquistar a prova, pelo menos terminar nos lugares cimeiros, de forma que não se deite abaixo todo o excelente trabalho levado a cabo pelo clube, neste seu terceiro ano no Moçambola.

Nas últimas três jornadas da competição, ainda em falta, os “muçulmanos” defrontam, sucessivamente Maxaquene Textáfrica, no Chimoio, e Matchedje. Na classificação, somam 40 pontos, atrás da dupla da liderança Desportivo e Ferroviário com 47 e do Costa do Sol com 41.