Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

22.Jan.09

XX edição do Bebec: Tarde de grandes emoções?

TARDE efervescente e de grandes emoções é aguardada hoje, data em que serão conhecidos os finalistas da XX edição do Torneio de Futebol Infanto-Juvenil da cidade de Maputo, vulgo Bebec.

O cruzamento é susceptível de trazer uma final inédita do bebec
No teatro das operações estão à mistura equipas com alguma referência no evento – Luís Cabral e Inhagóia - e outras emergentes – Zimpeto e Urbanização.

O cruzamento é susceptível de trazer uma final inédita, no sábado, sendo que Luís Cabral disputa o acesso à derradeira fase com Zimpeto, quando forem 14.00 horas, enquanto Inhagóia discute a transição com Urbanização, às 17.00. O palco das meias-finais é o pelado do Desportivo, que igualmente acolherá a final.

Analisando a história de cada uma das equipas, há que destacar, no caso do confronto entre Luís Cabral e Zimpeto, o facto de haver um conhecimento mútuo entre os intervenientes, para além do facto de apresentarem conjuntos sólidos, daí que não se pode atribuir favoritismo a nenhuma das duas formações.

A única diferença entre ambos os conjunto reside no facto de Luís Cabral ser a equipa que mais vezes marcou presença na fase final do torneio e ter já se sagrado campeão, enquanto Zimpeto tem aparecido na fase de grupos e nunca foi para além das meias-finais. Aliás, esta é a segunda vez que Zimpeto chega a esta etapa.

Luís Cabral provou os seus créditos, eliminando nos quartos-de-final Mafalala (1-0), um dos eternos concorrentes aos títulos e com maior tradição neste evento. Por seu turno, Zimpeto superou um dos bairros pouco notáveis neste evento, Malhangalene, também por 1-0.

Enquanto isto, Inhagóia e Urbanização têm histórias totalmente diferentes. Inhagóia, apesar de há muito não aparecer na fase final do torneio, já logrou igualmente sagrar-se campeão e aparece nesta edição com muita força. É uma equipa sólida que tem muito apoio da sua claque, o que transmite à equipa a autoconfiança. Isso acabou contribuindo para que conseguisse o melhor resultado nos quartos-de-final diante da formação do Bairro das FPLM (3-0).

Por seu turno, Urbanização apresenta-se com um conjunto mais personalizado e que joga bem ao ataque, daí que não tenha tido dificuldades para afastar da corrida o outro tradicional concorrente ao título, Chamanculo, por 3-1. A queda de Chamanculo e Mafalala, os mais cotados deste evento, abriu espaço para uma final inédita e já não se pode falar de claros favoritos. Enquanto Luís Cabral e Inhagóia lutarão por mais um título, Zimpeto e Urbanização querem entrar na história.

POLANA-CANIÇO-HULENE ATRACTIVO EM FEMININOS

Enquanto a equipa do 25 de Junho, campeã em título, inspira alguma confiança, atendendo o valor do adversário que tem pela frente, a formação da Munhuana, um dos favoritos à conquista da prova feminina, está receoso face ao poderio da Polana- Caniço.

Porém, este prognóstico pode não ser válido, porque Munhuana emergiu de forma empolgante e não teve dificuldades para afastar Mavalane (3-1), o que já é motivo suficiente para 25 de Junho precaver-se no máximo. Aliás, a campeã foi bafejada pela sorte ao conseguir a transição na marcação de grandes penalidades diante do Malhangalene (2-1).

Polana-Caniço não admitiu espaço de manobras à também estreante formação do Nsalene (2-0), que chegou a ameaçar os favoritos, e parte esperançada para o encontro com Hulene. Este teve uma transição merecida ao bater categoricamente Aeroporto, por 3-1.
Os jogos de femininos disputam-se entre as 15.00 e as 16.00 horas, também no campo do Desportivo.