Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

25.Nov.08

Atlético Muçulmano festeja conquista da Taça Moçambique mcel: Percurso invejável de um recém-nascido



O ATLÉTICO Muçulmano de Maputo entrou para a história do futebol moçambicano e de forma impetuoso, surpreendendo a muitos que tinham na mente de que se trata de mais uma equipa que, como tantas outras emergentes, são submetidos ao plano secundário.

Porém, veio provar o contrário entre os incrédulos de que com o trabalho tudo é possível, pois o Atlético resumiu-se numa equipa dedicada, crente e humilde, factos que lhe proporcionaram uma prosperidade que se foi desenhando de jogo para jogo, até se tornar vencedor da Taça de Moçambique mcel e segunda melhor equipa do Moçambola-2008, numa temporada em que se estreou pela primeira vez na I Liga de futebol nacional.

A direcção do Atlético Muçulmano está já a preparar uma festa de arromba, que terá lugar nos próximos dias, na sua sede, na Matola, e depois em Inharrime, terra natal do presidente do clube, Momed Anifo, em princípios de Janeiro de 2009.

Um percurso arrebatador caracterizou o desempenho da equipa liderada por Arnaldo Salvado na Taça de Moçambique mcel, uma trajectória em que se destaca o afastamento de algumas equipas de renome, casos do Ferroviário de Nampula (2-1), finalista vencido da anterior edição, ganha pelo Costa do Sol.

Apesar da sua veia demolidora, a equipa “muçulmana” teve a sorte de poder cruzar-se com equipas que bem conhecia, algumas das quais foram os seus maiores adversários no “provincial” de Maputo e na Divisão de Honra, casos do Águias Especiais, Incomáti e Hluvuku FC. Afastou, na fase zonal, a Académica (4-0) para, na fase nacional - quartos-de-final, eliminar o Clube de Chibuto, por 7-1. Eliminou a seguir, nas meias-finais, o Ferroviário de Nampula (2-1) para, na final do último domingo, vencer o Chingale e sagrar-se vencedor da taça.

A sua firmeza veio a provar-se quando, contra todas as expectativas, foi à Nampula eliminar o Ferroviário local, nas meias-finais, por 2-1, para no último domingo bater o Chingale 1-0 e sagrar-se pela primeira vez vencedor da segunda maior prova futebolística do país, honrando as suas hostes, sendo uma equipa que teve um percurso invejável que começou a evidenciar-se na Divisão de Honra, quando Arnaldo Salvado assumiu o cargo de treinador principal da equipa.
  • SALVADOR NHANTUMBO