Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

14.Set.09

Moçambique estreia-se no “Afrobasket” diante dos Camarões

A selecção nacional vai defrontar ainda o Senegal, vice-campeão africano

Desfile de rainhas no regresso da prov
A selecção nacional de bas­quetebol sénior feminina estreia-se na 21ª edição do “Afrobasket”, no dia 9 de Outubro, diante dos Camarões, segundo di­tou o sorteio realizado no passado sábado em Antananarivo, Madagás­car.

Adstrito ao grupo A, juntamen­te com o Senegal, vice-campeão afri­cano, Madagáscar, anfitrião, Ilhas Maurícias e África do Sul, o combi­nado nacional, que na última edição ocupou o quarto lugar, parte para este certame com o objectivo, senão mesmo com a convicção, de lutar pelos lugares de pódio.

Na primei­ra fase, Senegal, formação que em 2007 derrotou Moçambique na fase de grupos e nas meias-finais, respec­tivamente, por 59-42 e 63-48, apre­senta-se como adversário de outro nível, mais a mais porque apresenta um conjunto constituído, maiorita­riamente, por atletas que evoluem na Europa. Já a selecção camarone­sa, a mais “alta” do “Afrobasket” de 2003 em Maputo, é um adversário teoricamente acessível para a turma orientada por Nazir Salé.

O mesmo pode dizer-se em relação ao modes­to Madagáscar, formação que per­deu diante do combinado nacional por claros 83-49 em 2007, nas Ilhas Maurícias e África do Sul. Contra­riamente a 2007, ano em que cum­priu um estágio pré-competitivo no Centro de Preparação Olímpica de Rio Maior, em Portugal, permitindo a dupla Nazir Salé/Simão Mataveia ter atletas mais concentradas, bem como efectuar jogos de controlo, este ano a selecção nacional está a experimentar um processo de inde­finição quanto ao ciclo preparató­rio.