Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

17.Nov.08

Ferroviário campeão nacional


O FERROVIÁRIO de Maputo sagrou-se ontem campeão nacional de futebol de 2008 ao vencer na última jornada o Costa do Sol por 2-0, num jogo táctico em que o lema foi: cedo se resolve, cedo se ganha o título.

Os “locomotivas” terminaram a prova folgados com 56 pontos, mais cinco que o Atlético Muçulmano, concorrente directo, que foi à Lichinga perder com o FC local por uma bola sem resposta, mas que acabou por ser a formação sensação da prova. Para a divisão secundária desceram o Ferroviário de Pemba, Estrela Vermelha e Benfica de Macúti. A jornada do fim-de-semana, portanto a última, apesar da luta pelo título apenas se ter resumido ao Ferroviário e Atlético, acabou sendo bastante equilibrada. O Benfica de Macúti, já despromovido, foi à Nampula empatar com o também desqualificado do Moçambola, o Ferroviário de Pemba, a dois tentos. O Desportivo e Maxaquene terminaram a prova colados com 30 pontos como bons vizinhos que são, revelando o mau momento que atravessam. O Estrela Vermelha, que também vai jogar nos “quarteirões”, arrancou um precioso empate diante dos “alvi-negros” sem abertura de contagem, enquanto os “tricolores” empatavam com a Liga Muçulmana a dois tentos. O Textáfrica que comemorou a permanência no Moçambola empatou em casa com o Chingale a zero golo. O Ferroviário de Maputo, como já o dissemos, foi um digno campeão com 56 pontos, enquanto o Atlético terminou em segundo com 51. O Ferroviário da Beira, que à entrada desta ronda estava em quinto, pulou para o terceiro com 44. Destaque também para a subida galopante do FC Lichinga, que passou do sexto para o quarto com os mesmos pontos (43) do terceiro, Liga Muçulmana. O Costa do Sol, que era o detentor do título, caiu para o sexto lugar. Destaque ainda para o Chingale que terminou com 36 pontos, mais dois que o Ferroviário de Nampula. A dupla de vizinhos Desportivo/Maxaquene ocupou as posições imediatamente a seguir com 30 pontos cada. Os “fabris” do Planalto de Manica totalizaram 23, enquanto o Estrela e Ferroviário terminaram com 19 pontos. O Benfica de Macúti foi o último com apenas 10.