Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

04.Jun.09

Inglaterra: Clubes de futebol devem mais do que se pensava

AS finanças dos clubes ingleses não estão de boa saúde.

Man. United segue na Taça
A conclusão é de um estudo do jornal “Guardian» (segundo o “Maisfutebol”) que tem em conta a informação financeira relativa a crédito bancário e empréstimos e conclui que os 20 clubes da Premier League têm uma dívida total de três mil milhões de libras, algo como três mil milhões de euros.

Bem superior às estimativas oficiais recentes feitas pela Federação inglesa.

Manchester United e Chelsea são os clubes que encabeçam a lista, com dívidas de 807 e 810 milhões de euros, respectivamente. Seguem-se o Arsenal (420 milhões) e o Liverpool (323 milhões).

A dimensão dos números torna-se preocupante se pensarmos que o Manchester United até juntou a Liga dos Campeões ao título inglês na época 2007/08, o período compreendido no estudo.

O Chelsea, por outro lado, não deve dinheiro a bancos e a dívida é relativa a um empréstimo isento de juros concedido ao clube londrino por Abramovich em 2003, quando chegou a Stanford Bridge. Entretanto, parte da dívida foi convertida pelo oligarca russo em acções do clube.

A dívida do Arsenal é financeiramente mais convencional por estar relacionada com investimentos a longo prazo como a construção do novo estádio (empréstimo de 300 milhões de euros). No entanto, os “gunners” não contavam com a crise imobiliária que viria a afectar o valor do terreno do antigo estádio, onde nasceu um complexo residencial.