Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

14.Set.09

MOÇAMBOLA-2009: Fer. Nacala, 0-Fer. Nampula, 1 - Vitória difícil

É PRECISO destacar que foi uma vitória muito sofrida, que até certo ponto dissipa os comentários que circulavam nos meandros desportivos da capital do norte, segundo os quais o Ferroviário de Nampula venceria sem sofrer, contando com facilidades dos nacalenses, tendo em conta a irmandade entre os dois clubes. Só que quem assim pensou se enganou.

Estes jogadores bem quiseram passar a eliminatória

Nos primeiros minutos, o jogo desenvolveu-se a uma grande velocidade e numa toada de equilíbrio, com os nampulenses a chegarem mais vezes à baliza defendida por Alio, mas sem conseguirem marcar golo. Aliás, não fossem os já habituais falhanços, alguns dos quais de forma infantil, o triunfo dos visitados teria sido por muitos golos.

O Ferroviário de Nacala exibiu-se muito bem nesta partida, embora tenha criado poucas oportunidades de golo em relação ao seu oponente. Foi uma equipa que parecia ter ido com a lição bem estudada e determinada a complicar o seu adversário, procurando contrariar os seus objectivos, com jogadas de contra-ataque bem elaboradas.

Porém, até ao intervalo, os locais mantiveram o seu domínio, criando muitas oportunidades de golo, mas faltando objectividade dos seus avançados, daí o nulo ter sido injusto para si.

No reatamento, os nacalenses protagonizaram um lance de perigo, por intermédio de Romão. Assustados, os “locomotivas” da capital nortenha responderam através de jogadas curtas com o intuito de confundir o seu opositor. Foi uma estratégia que teve sucesso, pois aos 90 minutos, finalmente, conseguiram o tento da vitória, assinado por Gomes.

O árbitro teve um bom desempenho.

FICHA TÉCNICA

Árbitro: Mateus Infante, auxiliado por Gimo Patrício e Carlos Nhanengue.

FER. NACALA – Alio; Magido, Alberto (Abdul), Mariote e Matias; Wazir, Pondo, Pintado e Telinho (Mangate); Romão e Guedesse,

FER. NAMPULA – Zacarias; Duda, Rojas, Matofa e Hipo; Suma, Sparow, Ilídio (Nando) e Ginho (Leo); Gomes e Leonel.

MOUZINHO DE ALBUQUERQUE