Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

19.Jun.09

Futsal-Taça 25 de Junho: Desportivo humilha Liga nas meias-finais

FOI uma autêntica humilhação o que a Liga Muçulmana sofreu no desafio diante do seu eterno rival, o Desportivo, ao ser goleada, por 7-3, em desafio das meias-finais da Taça 25 de Junho em Futsal.

FOI uma autêntica humilhação o que a Liga Muçulmana sofreu no desafio diante do seu eterno rival, o Desportivo
Os “alvi-negros” rubricaram uma exibição cinco “estrelas” que resultou numa vitória convincente, pois conseguiram aliar os processos de jogo muito bem mecanizados aos golos que foram surgindo naturalmente. Russo, que curiosamente representou a Liga, abriu o caminho para a humilhação com um golo de belo efeito. Mesmo em vantagem, as “águias”, que estavam endiabradas, não tiraram o pé do acelerador e procuraram a todo o custo sair para o intervalo com uma vantagem mais folgada, o que, aliás, se justificava. No entanto, tal não foi possível devido à falta de frieza dos atacantes nalgumas vezes.

Todavia, o melhor da equipa “alvi-negra” estava guardado para a etapa complementar. Foi nesse período que conseguiu colher na íntegra os frutos da produção ofensiva. Paulo, uma das figuras do “derby” mais apetitoso a nível nacional, ao anotar um “hat-trick”, fez o 2-0 para o Desportivo no reatar da segunda parte.

Era tranquilidade, mas que ficou tremida quando Óscar, na sequência de um livre, reduziu para 1-2. Paulo, que ainda estava com o pé “quente”, tratou de colocar o Desportivo a vencer, por 3-1, e deu igualmente o impulso que as “águias” precisavam para encetarem o voo para a goleada, até porque doutro lado estava uma Liga rendida ao “vendaval” ofensivo do seu rival.

Carlão, o jogador mais habilidoso da equipa, arrancou para uma exibição notável que foi coroada com três golos. Aliás, Carlão e Paulo foram os “carrascos” da Liga ao conseguirem um “hat-trick” cada.

Os outros golos da Liga foram apontados por Mandito e Egilo, que acabaram por minimizar a goleada, mas não chegaram para apagar o humilhante 7-3.

Noutras partidas das meias-finais, o Al Mahid venceu o Benfica, por 3-2. Os últimos três minutos foram caracterizados por muita emoção, visto que o Al Mahid estava a perder, por 1-2, e conseguiu fazer a reviravolta.