Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

26.Nov.09

Como melhor piloto em karts: Connor Hughes apurado para “Africano” do Egipto


O PILOTO Connor Hughes foi apurado para o Campeonato Africano de karts a decorrer de 8 a 12 de Dezembro próximo no Egipto, na classe Max Challenge, como melhor classificado do Campeonato da Cidade de Maputo, que está a uma jornada do fim, e por deter maior número de pontos no torneio “Triangular Series”que envolve nacionais e sul-africanos.


CONNOR Hughes, que domina a classe Max Challenge no Campeonato de Karts mcel da Cidade de Maputo

Este foi o critério encontrado pela direcção do Automóvel e Touring Clube de Moçambique para a escolha do representante moçambicano, sendo estas as duas provas mais importantes do calendário da presente época.



A direcção do (ATCM) e os pilotos participantes nas provas chegaram ao consenso de que Connor Hughes, sendo o que conseguiu a melhor prestação, é que deve ocupar a vaga reservada ao nosso país no “Africano”. Uma das razões que concorreram para a escolha de Connor Hughes é o prazo de inscrições para o “Africano” (4 de Novembro), que terminaram antes da conclusão das provas.



“Por instruções da organização do “Africano”, optámos por reunir com pilotos, “teams” e seus representantes e decidimos por enviar o melhor classificado até ao momento no campeonato no “Triangular Series”. O outro piloto concorrente, Bruno Campos, aceitou a decisão com elevado “fair-play”, o que facilitou a decisão”, explicou uma fonte da direcção do ATCM.



Aliás, Connor Hughes mereceu a escolha uma vez que é virtual campeão da cidade de Maputo face à vantagem que detém em relação a Bruno Campos. Connor Hughes está próximo da consagração da época, bastando que se mantenha à frente dos restantes concorrentes nacionais no “Triangular Séries”, que também está a uma prova do fim.



O torneio, que teve duas etapas na vizinha África do Sul (Durban e Pretória), conhecerá o seu epílogo em Maputo, próximo mês. Aliás, o “Triangular Séries” é uma inovação que resultou do acordo entre o ATCM e a Associação Automóvel da África do Sul para o intercâmbio entre pilotos dos dois países. Antes eram apenas pilotos sul-africanos que corriam em pistas nacionais e, com esta iniciativa, os nacionais têm a oportunidade de aumentar as suas capacidades competitivas para começarem a sonhar com lugares de destaque em competições internacionais.