Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

26.Ago.09

“Provinciais” de futebol: Desportivo de Tete campeão

O DESPORTIVO de Tete sagrou-se no último fim-de-semana campeão provincial, ao bater o Instituto Superior Politécnico, por 5-0, em desafio da décima e última jornada.

Os “alvi-negros” somaram 30 pontos e representarão a província de Tete na “poule” de apuramento da zona centro para o Moçambola, onde já está apurado o Sporting da Beira, representante da província de Sofala.

O Verona venceu as Águias de Angónia, por 1-0, enquanto FC Luena derrotou o Angónia FC por falta de comparência.

TROCA DE LÍDER

O Clube da Manhiça assumiu, no pretérito fim-de-semana, a liderança do Campeonato da Província do Maputo após golear o Binó FC por 11-1 e beneficiar da derrota do Incomáti, por 1-2, diante do Desportivo da Matola, em desafio da nona jornada da segunda volta.

A equipa da Manhiça passou ao comando com 42 pontos, agora com mais um que o ex-líder, Incomáti.

O Clube de Xinavane, outra das formações que almeja o título, empatou a uma bola com o Djuba FC, e perdeu uma boa oportunidade para superar o Incomáti na classificação.

A formação de Xinavane ocupa a terceira posição com 40 pontos e ainda está em boas condições de disputar o título, numa altura em que faltam duas jornadas para o final da prova. O primeiro classificado é o único que ganha o direito de disputar a “poule” de apuramento, zona sul, para o Moçambola-2010.

No confronto entre conjuntos que lutam para fugirem dos últimos lugares Liber Bulls e Simba FC empataram a três golos. O Clube da Marragra venceu o de Marracuene, por 2-1.

“LOCOMOTIVA” NÃO DESCARRILA

O Ferroviário de Quelimane consolidou a liderança do “Provincial” da Zambézia ao vencer o Vila Pita, por 2-1, em partida da quinta jornada da jornada da segunda volta. Os “locomotivas” comandam com 32 pontos.

O Sporting de Quelimane, um dos seus perseguidores directos, venceu fora a equipa do 3 de Fevereiro, por 2-0. O mesmo triunfo foi alcançado pelo FC Mocuba sobre o Matchedje de Quelimane.

O Morrumbala FC bateu a turma do 25 de Setembro, por 2-1.

VILANKULO FC AMPLIA VANTAGEM

O Vilankulo FC ampliou a sua vantagem no “Provincial” de Inhambane ao somar três pontos embora sem jogar por falta de comparência da Liga Muçulmana da Maxixe que não se deslocou a Vilankulo para cumprir a primeira jornada da segunda volta.

Com este triunfo, a formação treinada do Euroflim da Graça conservou a vantagem de quatro pontos sobre o Ferroviário de Inhambane que no fim-de-semana venceu o Centro Juvenil da Maxixe por uma bola sem resposta na cidade da Maxixe. Os “locomotivas” da chamada “Terra de Boa Gente” descolaram-se do Chilacua da Massinga que perdeu diante do seu rival Massinga Futebol Clube.

Assim, o Chilacua continua com vinte e quatro pontos, menos três que o Ferroviário e menos seis que o primeiro classificado Vilankulo que soma 31 pontos.

No início da segunda volta, depois de sucessivos adiamentos para dar lugar a obras de melhoramento do campo do Conselho Municipal da Maxixe, o Vitória de Guijanta de Jangamo “roubou” os primeiros pontos ao VFC ao empatar a zero bolas e voltou a protagonizar outra surpresa da jornada ao empatar a três bolas com Temusa Costa do Sol da Massinga e Arsenal de Chicuque bateu o Nova Aliança da Maxixe por uma bola sem resposta.

A Associação Provincial de Futebol de Inhambane fez saber que deverá agendar para o meio da semana a realização de jogos como forma de compensar o tempo perdido por causa das obras do campo da Maxixe. Assim, haverá jogos amanhã.

A Liga Muçulmano de Maxixe queixa-se de falta de condições financeiras para se fazer aos campos, situação estranhada por todos associados, pois, começa a criar problemas na organização do certâmen, já que é a segunda vez que aquela equipa se queixa de falta de dinheiro. De referir que Vilankulo FC contabiliza neste campeonato seis pontos ganhos sem jogar, tendo amealhado os primeiros na Maxixe quando o Nova Aliança local não se fez ao próprio campo.

Curiosamente minutos depois da marcação da falta de comparência, o Nova Aliança se fez ao terreno do jogo para treinar.