Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

16.Mar.09

MOÇAMBOLA-2009 - Atlético Muçulmano, 0 – Liga Muçulmana, 2 : Carlitos nas brechas

FICOU-SE com tantas dúvidas e até chegou a equacionar-se a possibilidade de o desafio entre o Atlético e a Liga Muçulmana terminar em branco.

Foi mesmo a rachar (F. Laice)
Mas foi puro engano. Dois golpes de belo efeito de Carlitos, aos 68 e 83 minutos, determinaram a vitória da Liga Muçulmana sobre o Atlético, que apareceu em ocasiões oportunas a aproveitar as falhas dos “centrais”.

O jogo esteve durante muito tempo equilibrado, com as oportunidades a serem partilhadas. Mas quem estava em melhores condições para romper a defensiva contrária era a Liga Muçulmana, avaliando pelas pedras de que dispõe no sector ofensivo, nomeadamente os pontas-de-lança Sadomba e Maurício, que tinham nas costas Carlitos e Alvin, como autênticos municiadores de jogo. Alex e Vling impulsionaram as jogadas ofensivas pelas alas.

Enquanto isso, o Atlético tinha em Jojó o único ponta-de-lança de raiz, apoiado por Danito Nhamposse, pela direita, e Eboh, do lado contrário.

O equilíbrio de forças foi evidente. Houve muita disputa de bola no miolo, o que provocou muitos choques. As jogadas de ataque alternavam, daí que se exigia maiores cautelas defensivas em cada lado. Era necessário aproveitar ao máximo as oportunidades que surgissem e quem o conseguiu foi a Liga, naqueles dois lances em que Carlitos apareceu sem oposição a marcar.

O Atlético acabou perdendo no campo da batalha três homens do seu onze inicial, por lesões provocadas pelos constantes choques, isso ainda na primeira parte.

O que acabou influenciando de certo modo o desempenho da equipa, que ficou mais cedo limitada, mas não vacilou: manteve o seu carácter e teve algumas oportunidades que foram desperdiçadas, a começar com aquele desvio torto de Danito Nhamposse, na boca da baliza, aos 65 minutos, a não compensar o excelente trabalho iniciado por Ngoni e que culminou com o centro milimétrico de Jojó. Antes não teve arte e nem engenho, ao atirar para as “nuvens”, após uma tabela com Jojó.

Com este comportamento, o Atlético acabou pagando caro. O primeiro e grande sinal de perigo foi dado pelo próprio autor da vitória da Liga. Carlitos, em peso nas manobras ofensivas da Liga, deu um aviso pouco antes do fim da primeira metade do prélio, com um remate rente ao solo quase a roçar o poste direito da baliza defendida por Leonel.

Veio a segunda parte com a Liga mais flexível nas suas acções ofensivas. Sadomba encetou fugas de um lado para outro à procura de espaço para ludibriar a defensiva do Atlético. E conseguiu fazer belas jogadas, mas que morriam à entrada da grande área, porque o Atlético, tal como a Liga, defendeu-se bem.

Sadomba acabou sendo o homem que teve a iniciativa que culminou com o primeiro golo da Liga. Descaído pela direita e longe da grande área, projectou o esférico para a zona de perigo, que foi devolvido por um contrário para Carlitos, que rapidamente encheu o pé a contar.

Pouco tempo depois, a Liga beneficiou de um livre. Vling bateu de maneira curta para Maninho que, próximo da linha de fundo, cruzou para o “barulho” e novamente a bola sobrou para Carlitos que, sem oposição, escolheu o melhor ângulo.

O Atlético acelerou o ritmo ofensivo, mas o tempo já era escasso.

O trabalho da equipa de arbitragem, liderada por Ainad Ussene, não sofre contestações.

FICHA TÉCNICA

ÁRBITRO: Ainad Ussene, auxiliado por Adão Chitache e Humberto Pita. O quarto árbitro foi Amosse Lázaro.

ATLÉTICO MUÇULMANO – Leonel, Amad, Zito (Mouca), Baúte e Gito (Nelito); Danito Nhamposse, Dino, Délcio e Manuelito (Ngoni), Jojó e Eboh.

LIGA MUÇULMANA – Binó; Calima, Fanuel, Mack (Suleimane) e Gabito II; Alex (Maninho), Alvin, Carlitos e Vling; Maurício (Chico) e Sadomba.

DISCIPLINA: cartolinas amarelas para Amad e Nelito (Atlético), Calima e Alex (Liga).

Salvador Nhantumbo