Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

24.Set.09

AFROBÁSQUETE DE SUB-16 - Afrobásquete de femininos: “Vassourada” na selecção

Reforços do Ferroviário
A AUSÊNCIA de veteranas como Nádia Rodrigues, Tânia Wachene, Nika Gemo e Ruth Muianga, com o treinador a optar por promissoras jogadoras como Kátia Halar, Leia Dongue – sobretudo esta, com apenas 18 anos – Odélia Mafanela e Filomena Micato, constitui o maior destaque na revolução efectuada por Nazir Salé na Selecção Nacional de Seniores Femininos, que se prepara para o Afrobásquete Madagáscar-2009, a decorrer entre 9 e 18 de Outubro próximo.

Depois da triste experiência dos Jogos da Lusofonia de Lisboa, em Julho passado, em que a nossa selecção, com todas as craques conhecidas, foi uma verdadeira lástima, Nazir Salé preferiu mudar de estratégia, indo buscar valores mais frescos, ambiciosos e prometedores para fazer face a um campeonato em que se exige de Moçambique o título, senão os lugares seguintes do pódio.

Mesmo assim, porque não pretende fazer uma revolução total, mas sim gradual, o “mister” achou melhor uma mescla entre veterania e juventude, daí por exemplo surgirem na pré-convocatória os nomes de Aleia Rachide, Amélia Macamo, Ana Flávia Azinheira, Zinóbia Machanguana, Ana Branquinho e Deolinda Gimo.

"QUEREMOS ser campeãs!Segundo Anabela Cossa
A relação das 14 atletas chamadas para esta primeira fase de treinos, já a decorrer, é a seguinte:

Desportivo – Anabela Cossa, Valerdina Manhonga, Kátia Halar, Leia Dongue, Odélia Mafanela, Ondina Nhampossa e Filomena Micato.

A Politécnica – Aleia Rachide, Amélia Macamo, Marta Ganje, Ana Flávia Azinheira e Ana Branquinho

Ferroviário – Deolinda Gimo e Zinóbia Machanguana.