Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

06.Jan.09

Saiu-lhe um travesti e acabou na esquadra


A POLÍCIA do Rio de Janeiro abriu uma investigação contra um travesti acusado de tentativa de extorsão a Ronaldo, depois de uma noite de sexo frustrado.


O jogador do Milan, que está no Brasil a recuperar de uma lesão grave, preparava-se para uma noite de sexo com uma prostituta, a que se juntaram mais tarde outras duas. Mas Ronaldo, que pensava ter contratado três mulheres, acabou por descobrir que eram travestis e, depois de uma discussão, os prostitutos chamaram a Polícia, acabando os quatro na esquadra.

O internacional brasileiro disse à Imprensa que pagou aproximadamente 380 euros, mas que um dos travestis se recusou a receber a quantia, exigindo uma soma muito maior, para não o acusar de consumo de drogas e não fazer um escândalo nas revistas.

Na versão do travesti André Luiz Ribeiro, cujo nome de guerra é Andreia Albertino, Ronaldo mandou-o a uma favela comprar droga. A assessoria de Imprensa do jogador emitiu um comunicado com o objectivo de clarificar que o atleta Ronaldo jamais consumiu drogas, mas confirmando o programa e o pagamento de mil reais, cerca de 380 euros.

A Polícia está a seguir a tese da extorsão. A droga não apareceu, esse é outro indício de que a versão do Ronaldo pode ser verdadeira, porque não aparentava estar bêbado, defendeu o comissário Carlos Augusto. (29/04/2008).