Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

14.Mai.09

Hóquei em Patins : Federação engajada no apoio a Quelimane

NO âmbito do programa de massificação e revitalização do hóquei em patins em todo o país, a Federação Moçambicana de Patinagem (FMP) ofereceu semana passada equipamentos ao Núcleo de Patinagem de Quelimane. Trata-se de dez pares de patins e igual número de sticks que servirão para o desenvolvimento das camadas de formação.

Na cerimónia, realizada na capital do país, estiveram presentes o vice-presidente da FMP, Carlos Laice, e os presidentes da Associação de Patinagem da Cidade de Maputo (APCM) e do Núcleo de Patinagem de Quelimane, Sandro dos Santos e Donaldo Salvador, respectivamente.

Donaldo Salvado, que desempenha a função de monitor das escolas de formação do Núcleo de Patinagem de Quelimane, disse estar satisfeito por receber mais um apoio já que se tratou da segunda oferta da FMP àquela associação. “Gostaria que a federação não parasse de nos apoiar porque são gestos que nos ajudam a desenvolver e nos incentivam a praticar a modalidade”, frisou.

Donaldo Salvador apela à Federação para a implementação de um estágio na capital do país de modo a permitir aos hoquistas de Quelimane ganharem mais tarimba, principalmente no capítulo técnico, bem como a formação de mais monitores. Sublinhe-se que Donaldo é o único monitor e trabalha com cerca de 80 atletas de diversos escalões (seniores, juniores, juvenis, iniciados e escolas).

Num outro desenvolvimento, Donaldo, que cometeu a proeza de ser o responsável pela reactivação do hóquei em patins em Quelimane, após um interregno de sensivelmente 15 anos, manifestou o desejo de seguir com a Selecção Nacional para um estágio na Espanha, onde irá decorrer de 3 a 11 de Julho o “Mundial” do Grupo A.

“Gostaria de seguir com a Selecção para a Espanha por forma a fazer um estágio e aprender mais com os melhores. Sou muito jovem (23 anos de idade) e se calhar a equipa técnica poderia apostar mais nos jovens que são o garante do futuro da modalidade”, disse, ajuntando que estar num Campeonato do Mundo é um sonho de criança.

2 comentários

Comentar post