Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

22.Abr.09

Estádios para o Mundial-2010 estarão “prontos até Outubro” - garante o presidente do Comité Organizador da prova

DANNY Jordaan, presidente do Comité Organizador do Campeonato Mundial de Futebol de 2010, espera que todos os estádios para o evento estejam concluídos até Outubro. Jordaan está neste momento envolvido numa campanha de promoção para a Taça das Confederações, que se realiza este ano na África do Sul, segundo a BBC PARA AFRICA.com.

Jordaan, entre Tutu e Mandela
Ele disse que este torneio - que será um ensaio para o Mundial de 2010 - vai servir para dissipar quaisquer receios em relação à capacidade dos sul-africanos para organizar a mais importante competição internacional de futebol.

“Para o Mundial teremos seis novos estádios e, até Outubro deste ano, todos os estádios estarão prontos”, garantiu.

Danny Jordaan afirmou também que os estádios para a Taça da Confederações já foram usados antes.

“Esses estádios estão prontos e foram usados em competições como o Campeonato Mundial de Râguebi, em 1995. Trata-se dos estádios de Ellis Park em Joanesburgo, Royal Bafokeng em Rustenburgo, Loftus Versveld em Pretória e Free State em Bloemfontein”, destacou.

Cerca de 450 mil fãs deverão viajar para a África do Sul para assistir ao Mundial de 2010. Em 2006, o Mundial da Alemanha teve dois milhões de visitantes estrangeiros.

Jordaan disse que a segurança será um aspecto altamente prioritário devido ao facto de a África do Sul ter um elevado índice de criminalidade.

“Investimos 138 milhões de dólares no reforço da Polícia. As nossas equipas de segurança trabalharam no Mundial de 2006, no Euro 2008 e nos Jogos Olímpicos de Pequim e temos a certeza que estarão à altura de garantir um ambiente seguro”, prometeu.

Danny Jordaan referiu que não houve quaisquer problemas de segurança em grandes eventos desportivos realizados anteriormente pela África do Sul.