Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

15.Set.09

Fórmula 1 – GP da Itália: Barrichello em grande

COM uma estratégia eficiente, o brasileiro Rubens Barrichello venceu o Grande Prémio da Itália, no circuito de Monza, domingo, e se aproximou do líder Jenson Button na classificação geral da Fórmula 1. O piloto inglês chegou em segundo lugar, à frente do finlandês Kimi Raikkonen.

o brasileiro Rubens Barrichello venceu o Grande Prémio da Itália
Barrichello chegou aos 66 pontos e reduziu de 16 para 14 pontos a vantagem de Button, 80, na liderança do campeonato. Com o resultado de ontem, os dois pilotos da Brawn GP praticamente monopolizaram a luta pelo título, faltando quatro voltas para o fim da temporada.

Terceiro classificado geral, o alemão Sebastian Vettel fez uma corrida discreta. Chegou a sair da pista no final e terminou em oitavo, somando um ponto (54). O seu companheiro de Red Bull, o australiano Mark Webber, abandonou ainda na primeira volta e não somou pontos, seguindo na quarta posição, com 51,5.

Barrichello venceu a prova com uma boa estratégia, definida ainda no treino classificatório. Ao contrário das corridas anteriores, o brasileiro, que saiu em quinto lugar, decidiu por apenas uma parada nos “boxes”. Assim, apostou em largar com o carro mais pesado por causa do combustível, abdicando de uma posição mais favorável no “grid” de largada.

A estratégia começou a dar resultado com as paradas iniciais de Lewis Hamilton, Adrian Sutil e Kimi Raikkonen, os três primeiros classificados. Barrichello, que passou Heikki Kovalainen na largada, chegou a ficar na ponta após os “pit stops” dos três pilotos.

Com o pneu adequado e o carro mais leve, o brasileiro abriu vantagem na liderança antes de fazer a sua única paragem na prova. Voltou em quarto lugar, mas soube esperar a segunda paragem de Hamilton, Raikkonen e Sutil para voltar à ponta na volta 37 e assegurar a sua segunda vitória na temporada e a 11.ª da carreira.

A próxima etapa da F-1 será disputada no dia 27, na corrida “nocturna” de Singapura. Faltarão ainda três etapas para o fim da temporada: Japão, Brasil e Abu Dabi.