Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 10 DE Janeiro 2018

 

 

O CHIBUTO apresentou o seu plantel para a temporada-2018 no final da tarde de segunda-feira com praticamente nova equipa. São cerca de 20 reforços para um dos três primeiros lugares do Moçambola ou a Taça de Moçambique.

 

Os “guerreiros” estiveram bastante activos nesta janela de transferências, sendo que o destaque nas entradas vai para três estrangeiros, nomeadamente os médios senegaleses Osman e Johnson Juah e o avançando nigeriano Godspower.

 

Outros reforços são os guarda-redes Tchandó (ex-Costa do Sol), Gugu (ex-UD Songo) e Ivan (ex-Sporting de Quelimane). Os defesas Abu (ex-UP Manica), Agenor e Aguiar (ex-Costa do Sol), Chambuco e Beto (ex-Desportivo), Allan (ex-Estrela Vermelha de Maputo), Rui (ex-Incomáti). Para o meio-campo, os “guerreiros” contrataram Matlombe (ex-ENH), Gregório (EX-Fer. Nacala) e Fidel (ex-Sporting de Quelimane).

 

Para a linha avançada os novos ingressos são Rasta e Melque (ex-1.º Maio de Quelimane), Jafete (ex-Incomáti), Arlindo (ex-Chingale), Eugénio (ex-Desportivo) e Dalton (ex-Águias Especiais de Maputo). Dos que transitam da época passada para esta, o destaque vai para Nhabanga, Sataca Jr., Cadry, Gervásio, Abbas, Yannick, Flávio, Escurinho, Hamed e Rodrigues.

 

Neste momento o plantel do Chibuto é composto por 36 jogadores, sendo que após os trabalhos de triagem serão excluídos entre seis a oito.

 

Hoje o Chibuto inicia os trabalhos de campo, depois do dia de ontem ter sido dedicado às inspecções médicas, que se seguiram à apresentação na véspera. Nesta fase os “guerreiros” vão preparar-se no seu campo, sendo que no início de Fevereiro deslocar-se-ão à capital do país para um estágio de cerca de duas semanas, que inclui participar num torneio quadrangular.

 

Depois disso, o plantel regressa à base, onde vai fazer vários jogos de controlo até ao início do Moçambola. Os “guerreiros” esperam igualmente participar da Taça de Honra da Cidade de Maputo, uma prova da pré-época que prepara as equipas da capital para o Moçambola. O representante de Gaza já solicitou a participação junto ao organizador da prova, que deverá arrancar nos meados de Fevereiro.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:43
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 09 DE Janeiro 2018

 

O FERROVIÁRIO de Maputo iniciou na manhã de ontem a sua preparação da época futebolística-2018, com a apresentação do plantel, que este ano conta com 13 novas caras, todas recrutadas nos clubes da praça.

 

A apresentação aconteceu numa cerimónia bastante concorrida por sócios e adeptos que não quiseram perder o momento.

 

Os treze novos jogadores dos “locomotivas” vão juntar-se aos doze que transitam da temporada passada, o que perfaz um plantel de 25 atletas, sob o comando do português Nelson Santos, que trocou o Costas do Sol pelo Ferroviário.

 

Os reforços são Jeitoso (regressado da África do Sul), um defesa-central internacional moçambicano. O guarda-redes Frank (ex-ENH), Maninho e Obel (defesas, ex-Chibuto), Nelson (defesa, ex-Maxaquene), Arnaldo (médio, ex-1.º Maio de Quelimane), Loló, Manucho e Kito (médios, ex-Costa do Sol), Ussama e Liberty (ex-Liga Desportiva), Elias (atacante, ex-Liga Desportiva) e Kelo (avançado, ex-Textáfrica). Os “locomotivas” vão contar ainda com o jovem Chaquil, que ascendeu da equipa júnior.

 

Transitam da época passada Germano e Simplex (guarda-redes), Mitterland e Sidique (defesas), Timbe, Diogo, Pauluana, Gito e Chiza (médios) e Mário e Tico (atacantes).

 

A partir de hoje o Ferroviário começa com os treinos no seu campo localizado na baixa da cidade, que vai alternar com o relvado sintético do Estádio da Machava, a sala de visitas do clube. Está previsto um estágio fora do país, mas ainda não se definiu o local, sendo que África do Sul e Suazilândia são as principais hipóteses.

 

O objectivo dos “locomotivas” é conquistar títulos nas duas principais provas nacionais, nomeadamente o Moçambola e a Taça de Moçambique. Os “locomotivas” têm 10 títulos de campeão nacional, sendo que o último foi conquistado em 2015, e cinco taças de Moçambique ganhas, sendo que 2011 foi ano do último canecão.

 

O presidente do clube, Sancho Júnior, prometeu mais dois reforços para o ataque provenientes de clubes estrangeiros, cujas negociações estão numa fase conclusiva. Nelson Santos será coadjuvado por Hélder Martins e Florêncio Tembe (preparador físico). O treinador de guarda-redes está por definir. O antigo avançado e capitão Domingos Luís Muchele, mais conhecido por Luís, passa para o cargo de coordenador da equipa principal de futebol.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:01
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO