Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 22 DE Julho 2016

 

Dário Monteiro já não é treinador da Liga Desportiva de Maputo.

 

Não foram ainda revelados os contornos da cessão de funções do ex-internacional moçambicano como técnico da Liga mas, tudo indica que os resultados não bem conseguidos nas últimas jornadas terão precipitado esta decisão.

 

Saído do Desportivo de Maputo no início da presente temporada para ocupar a vaga aberta depois do saída do português Litos, Dário Monteiro deixa a Liga no sexto lugar do Moçambola, volvidas 16 jornadas com 25 pontos frutos de sete vitórias, quarto empates e cinco derrotas, última delas frente ao líder UD Songo na 16ª jornada. A equipa ainda se mantém na Taça da Liga BNI e já não se pode dizer o mesmo sobre a Taça de Moçambique onde foi afastada na fase preliminar pelo Maxaquene.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:58
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 06 DE Julho 2016

 

O Ferroviário de Nacala acaba de reforçar o plantel com a contratação de três avançados, dois defesas e um médio ofensivo, para fazer face à crise de resultados que os locomotivas da cidade portuária atravessam no campeonato nacional de futebol que está a três jogos do fim da primeira volta.

 

Trata-se de Chana, ex-Chingale de Tete, Sandi, do ENH do Vilankulos, Scaba, Ijhusta e Pedrito, do Desportivo do Niassa, e Cachimo, que vem do Sporting de Nampula. Os novos reforços dos Locomotivas da cidade portuária de Nacala prometem ajudar a sua nova equipa a manter-se na mais prestigiada prova do futebol nacional e ao mesmo tempo revalidar o título da Taça da Liga BNI.

 

Falando a propósito da nova contratação do Ferroviário, Rogério Henriques Balate ou simplesmente Zulu, técnico principal dos locomotivas da cidade portuária de Nacala, garante estarem criadas as condições para uma boa campanha no resto do campeonato nacional de futebol, para além da

 

 

De recordar que o Ferroviário de Nacala, que ocupa a 13ª posição na tabela classificativa do campeonato nacional de futebol, com dez pontos, acaba de se qualificar para as meias-finais da Taça da Liga BNI, após vencer na última ronda da Fase Regional Norte da terceira maior prova futebolística nacional o seu homónimo de Nampula, por uma bola a zero.

 

Entretanto, Molide Sempre, Porta-Voz do Ferroviário de Nacala, diz que os jogadores ora contratados têm como missão ajudar os locomotivas a manter-se no campeonato nacional de futebol, Moçambola-2016, e a revalidar o título da Taça da Liga BNI.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 09:58
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 14 DE Junho 2016

 

O técnico Dário Monteiro deixa ficar claro que a sua preocupação e dos componentes do seu grupo de trabalho é melhorar cada vez mais os seus índices competitivos. Sobre os pretensos sabotadores da Liga Desportiva, o ex-capitão dos “Mambas” afirma que não se deve perder tempo com que não os quer bem.

 

Nesta paragem do Moçambola, desafio traz uma conversa com Dário Monteiro sobre o arranque do Moçambola, em que o técnico faz avaliação da prestação da Liga e fala das pretensões para o resto de uma época em que a sua equipa só tem o campeonato e a Taça da Liga BNI por disputar.

 

Importar referir que existem semelhanças entre as doze jornadas do presente Moçambola e as do ano passado. Nos dois campeonatos, a Liga Desportiva conseguiu amealhar o mesmo número de pontos (22), figurando na terceira posição. Ganhou o mesmo número de jogos (6), empatou por 4 vezes nos dois anos e teve igual número de derrotas (2). A diferença é que, este ano, a Liga, de Dário Monteiro, marcou mais: 17 golos contra 14 do ano passado, empatando no número de tentos sofridos. A outra diferença é que, enquanto em 2015 a Liga tinha menos quatro pontos que o Maxaquene (líder na altura), desta vez a diferença com o primeiro classificado (a União Desportiva do Songo) é de dois pontos.

 

Ninguém ganha o campeonato no final do primeiro terço de disputa. Até ao momento, o Moçambola está muito equilibrado e fica claro que, a partir de agora, vai ser renhido até ao fim, perspectivou Dário, alertando queas equipas que estão em baixo na tabela classificativa, em duas ou três jornadas, se forem totalistas, podem saltar para os lugares cimeiros. Da mesma maneira que aquelas equipas que vão na frente do pelotão, se perderem em duas ou três jornadas, podem baixar para o meio da tabela.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:59
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 06 DE Junho 2016

 

O Ferroviário de Nacala começou da melhor maneira a defesa do título de campeão da Liga BNI, ao receber  e vencer  (2-0) o Desportivo do Niassa, em jogo realizado sábado na Bela Vista, na Cidade Portuária de Nacala.

 

1ª jornada

 

Ferroviário de Nacala-Desportivo de Niassa (2-0)

Ferroviário de Nampula-Desportivo de Nacala (1-0)

Próxima Jornada (2ª), na quarta-feira

Desportivo de Niassa-Ferroviário de Nampula

Desportivo de Nacala-Ferroviário de Nacala

 

Classificação Geral            

                                           J           V            D             G          P

 

Ferroviário de Nacala        1           1            0            2-0         3

Ferroviário de Nampula     1           1            0            1-0         3

Desportivo de Nacala        1           0            1            0-1         0

Desportivo do Niassa        1           0            1            0-2         0

 

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 12:24
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Arrancou na tarde deste sábado, a 2ᵃ Edição da Taça da Liga BNI. O Clube de Chibuto, escolhido para acolher a festa de abertura desta terceira maior prova do calendário futebolístico nacional, recebeu e venceu o Estrela Vermelha de Maputo por 3-1.

 

O Costa do Sol e o Maxaquene que completam este Grupo B jogam entre si amanhã, no sintético dos canarinhos.

 

Destaque neste arranque e para o Grupo A zona Sul, do empate entre a Liga Desportiva e o Ferroviário de Maputo (1-1).

 

O vencedor da 1ᵃ Edição, o Ferroviário de Nacala, recebeu e venceu o Desportivo de Niassa por 2-0.

 

Nos outros jogos realizados esta tarde, os resultados foram os seguintes:

 

União Desportiva do Songo - Ferroviário Da Beira (0-1)
1º de Maio de Quelimane -  Chingale de Tete (2-1)

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 12:00
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O Ferroviário da Beira viajou para Songo e arrancou três preciosos pontos à União Desportiva local, com o golo solitário e madrugador a ser apontado por Dayo. Era o início com o pé direito dos “locomotivas” do Chiveve na segunda edição da Taça da Liga BNI.

 

Os espectadores ainda procuravam espaço para se posicionar melhor, para assistir ao jogo, quando Tomás Guambe deu sinal para o início da partida. Em dois toques, Mucuapel alivia a bola e, sem preparação, Dayo viu o mau posicionamento de Wilson e rematou com conta e medida para o fundo das malhas.

 

Face a esta contrariedade, a União Desportiva do Songo foi correndo atrás do prejuízo para tentar mudar o curso dos acontecimentos, mas com uma gritante ausência de ideias para fazer as coisas com perfeição.

 

Durante os primeiros quarenta cinco minutos, as duas equipas não passavam dos seus meios-campos, com o Ferroviário a entregar a iniciativa do jogo aos donos da casa.

 

Nessa toada de jogo, toda a equipa dos “hidroeléctricos” estava balanceada ao ataque. Chereque ensaiou um remate sem a pontaria necessária aos setenta e nove minutos. Frise-se que quando perdia a bola a defensiva do Songo era apanhada em contrapé, e foi nessas circunstâncias que Mucuapel salta e alivia a bola, mas Belito agride-o violentamente, acabando por cair e contorcer-se de dores, o que obrigou a equipa médica a levá-lo ao Hospital Rural do Songo, aos 85 minutos. Para o seu lugar foi chamado o jovem Bone.

 

GRUPO C

 

1.ª jornada

 

União Desportiva do Songo-Ferroviário da Beira (0-1)

1.o de Maio de Quelimane-Chingale de Tete (2-1)

 

2.ª jornada (8/6/2016)

 

Chingale de Tete-Ferroviário da Beira

1.o de Maio de Quelimane-União Desportiva do Songo

Classificação do Grupo C

 

                                             J          V         E          D         B       P

 

1.º de Maio de Quelimane    1         1         0         0         2-1     3

Ferroviário da Beira              1         1         0         0         1-0     3

Chingale de Tete                  1         0         0         1         1-2     0

União Desportiva do Songo  1         0         0         1         0-1     0

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:53
 O que é? |  O que é? | favorito
Sexta-feira, 04 DE Setembro 2015

 

A TAÇA da Liga BNI, a terceira prova futebolística nacional e que envolve as 14 equipas do Moçambola, regressa este fim-de-semana para a disputa da segunda eliminatória, que pode culminar com a queda de alguns gigantes desta modalidade rainha no país.

 

Aliás, a prova começa a ganhar maior interesse a partir desta eliminatória, com entrada em acção da Liga Desportiva de Maputo e do Ferroviário de Nampula, que, na qualidade de campeão e vice-campeão nacionais, ficaram isentos da primeira eliminatória.

 

A Liga Desportiva estreia-se domingo frente ao Chibuto, com o risco de jogar no terreno do adversário, que tem sido imbatível no seu reduto. É caso para dizer que o campeão pode se despedir na estreia. Aliás, para chegar a esta fase, o Chibuto tirou do caminho a ENH, com a vitória caseira de 1-0.

 

Enquanto isso, o Ferroviário de Nampula entra em acção igualmente no domingo defrontando o seu homónimo de Nacala, também sob o risco de vacilar, sendo que se desloca àquela cidade portuária e que tem sido um terreno difícil para muitos, incluindo os tidos “colossos” do futebol nacional.

 

Os “locomotivas” nacalenses afastaram o conterrâneo Desportivo, por 3-2, resultado conseguido na lotaria de grandes penalidades, depois do empate a duas bolas no fim do tempo regulamentar e no prolongamento.

 

Contudo, o jogo mais apetitoso desta eliminatória coloca frente-a-frente, amanhã, o Maxaquene e Costa do Sol, no campo da segunda formação, duas equipas com ambições acrescidas e que, para além de lutarem pelo título no Moçambola, aspiram igualmente conquistar o troféu em disputa nesta prova.

 

Os “canarinhos”, jogando em casa, têm o terreno fértil para reivindicar um resultado que lhes é favorável e vincar o facto de que estão melhores que o adversário, entanto que líderes do Moçambola. Enquanto isso, os “tricolores”, que continuam a perder espaço e credibilidade depois de perderem a liderança do Moçambola curiosamente a favor do Costa do Sol, com os resultados menos conseguidos nesta derradeira etapa do campeonato, olham para esta competição com outra ambição.

 

Para chegaram a esta fase, o Costa do Sol e Maxaquene eliminaram Desportivo (2-0) e Ferroviário (4-2), respectivamente. Enquanto os “canarinhos” venciam os “alvi-negros” ao fim do tempo regulamentar, o Maxaquene só conseguiu transitar na marcação de grandes penalidades, depois do nulo ao fim dos 90 minutos do jogo e 30 do prolongamento.

 

Por último, o HCB, carrasco do Ferroviário da Beira, no primeiro “round”, recebe o 1.º de Quelimane, com esperanças de seguir em frente. O factor casa pode ser determinante, mas terá pela frente uma equipa destemível, portanto que joga bem em qualquer terreno.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:43
 O que é? |  O que é? | favorito
Quinta-feira, 16 DE Julho 2015

LUKMAN.gif

 

O MAXAQUENE afastou o Ferroviário da Taça da Liga BNI, ao vencê-lo ontem, por 4-2, na marcação de grandes penalidades, depois do nulo ao fim dos 90 minutos regulamentares e no período do prolongamento.

 

O jogo teve lugar no campo do Afrin, na Matola, e está inserido na primeira eliminatória da prova, que serve essencialmente para a rodagem dos atletas das 14 equipas participantes, as mesmas que fazem parte do Moçambola, a maior prova futebolística nacional.

 

As duas equipas entraram jogando abertamente ao ataque, procurando explorar as linhas de passe e com os olhos postos à baliza, com alguns ensaios de remates fora da área. E nesta forma de jogar, o Maxaquene acabou beneficiando do lance mais vistoso do golo, logo no primeiro minuto, mas Mauro não conseguiu controlar o esférico, já isolado, permitindo a intervenção do guarda-redes Leonel.

 

A seguir a este lance, o Maxaquene beneficiou de um livre pela esquerda da grande área, bem cobrado por Mayunda, que obrigou Leonel a esticar-se e desviar o esférico da trajectória da baliza com uma palmada para o lado contrário, aos 15 minutos.

 

A resposta do Ferroviário veio cinco minutos depois, com Timbe a rematar forte à entrada da grande área para a figura de Simplex. Porém, os “tricolores” foram persistentes, com passos largos e colocados para os extremos, conseguiram chegar facilmente ao reduto dos “locomotivas”. Luckman, o homem mais ousado no ataque do Maxaquene, forçou Leonel a uma defesa de recurso, aos 22 minutos, e Mauro desequilibrou-se quando queria fazer a emenda.

 

Apesar do equilíbrio em termos de produção, ao fim do primeiro quarto da contenda, o Maxaquene foi mais clarividente no seu jogo ofensivo, enquanto os “locomotivas” experimentaram grandes dificuldades para romper o último reduto “tricolor”, enquanto não acertavam nos flanqueamentos. Mesmo acabaram se beneficiando de um deslize da defensiva, com um falso atraso de Butana, que permitiu a intervenção de Manucho, mas este acabou perdendo a luta na tentativa de marcar, aos 28 minutos.

 

Mas o Ferroviário acabou crescendo no jogo já no terceiro quarto e último da etapa inicial, com Edmilson a subir pela esquerda para alimentar o ataque, fazendo, nalgumas vezes, a diagonal, e centrando quando necessário. Jair tentou furar o corredor e, para além de assistir aos colegas, ensaiou remates fora da grande área. E nessa aventura em bloco foi encontrado em contrapé, num contra-ataque rápido, no percurso do qual Luckman venceu a batalha de três contrários e colocou a bola em Moniz, que não soube evitar Leonel, que saiu em apuros.

 

Aliás, Moniz foi tocado pelas costas na tentativa de evitar o guarda-redes “locomotiva”, mas o árbitro da partida entendeu que o meio-campista “tricolor” simulou penalte, aos 44 minutos, e mostrou-lhe ainda cartão amarelo, para a admiração de todos.

 

A alternância ofensiva manteve-se no segundo tempo e desta vez foi o Ferroviário o primeiro a dar aviso à navegação com o tiro de Dangalira a sair pouco ao lado da baliza de Simplex, aos 46 minutos. E Chiza secundou para a figura do “keeper”, aos 62 minutos.

 

Apesar de mutações e desejo, em ambas as partes, de chegar ao golo, faltaram as melhores oportunidades para o efeito. Nesta fase do prélio, o Ferroviário revelou-se mais eficaz na prossecução do seu jogo ofensivo, mas sem ser eficiente na finalização. Aliás, as duas equipas portaram-se bem no capítulo defensivo.  

 

E os 90 minutos terminaram com o nulo, e os “locomotivas” continuaram com ligeira vantagem sobre os “tricolores” na sua abordagem de jogo durante a primeira parte do prolongamento. Fruto disso, Barrigana viu o seu remate a ser devolvido pelo corpo de Simplex e posterior alívio da defensiva. E o equilíbrio reapareceu na etapa final do prolongamento. E o Maxaquene quase marcava por Michael, mas não encontrou o esférico com perfeição e Leonel estava desenquadrado com a baliza. 

 

O prolongamento acabou terminando com o nulo a prevalecer. Sendo assim, foi-se à marcação de grandes penalidades, tendo Maxaquene marcado consecutivamente por intermédio de Butana, Wisky, Mayunda e Loló. Marcaram para o Ferroviário Diogo e Barrigana e falharam Lewis e David. Pela transição, o Maxaquene recebeu 75 mil meticais. Nelson, jogador do Maxaquene, foi o homem do jogo e recebeu um cheque no valor de 10 mil meticais.

 

SALVADOR NHANTUMBO

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:59
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO