Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 23 DE Agosto 2016

 

MOÇAMBIQUE disse, sábado, adeus aos Jogos Olímpicos-Rio 2016 com uma participação modesta na canoagem, que culminou com um 11.º lugar obtido pela dupla Joaquim Lobo e Mussa Talbaduine na prova de “sprint” em pares C2-1000 metros.

 

Remando em águas brasileiras, a dupla de canoístas procurava a melhor classificação possível, que passava por ser 9.o  ou 11.o  classificado. Talvez acusando o cansaço por ter participado nas provas preliminares e nas meias-finais, na sexta-feira, Lobo e Talbuduine realizaram a pior prestação, já que terminaram o percurso com o tempo de 4,38, 73 minutos, bem acima dos 4, 14, 0 e 4, 23, 96 minutos que haviam alcançado em participações anteriores.

 

Apesar da eliminação e de ter terminado na 11.ª posição, num grupo de 15 canoístas, a dupla moçambicana acabou sendo a que melhor prestação teve, na medida em que foi na canoagem que o país se orgulhou pelo facto de ter transitado para as meias-finais. Pena que nas “meias”, o par nacional tenha terminado na oitava e última posição, respectivamente. Mas seja como for, fez melhor que o barreiristas Kurt Couto, nadadores Janna Sonneischein e Igor Mogne e o judoca Marlon Acácio, todos eliminados na pré-eliminatória.

 

Moçambique deixa os Jogos Olímpicos que terminaram no domingo (madrugada de ontem em Moçambique), muito longe de sonhar com uma medalha.

 

Recorde-se que Lurdes Mutola é a única atleta nacional que já conquistou medalhas nas olimpíadas, de bronze em Atlanta-1996 e de ouro em Sidney-2000.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:28
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 17 DE Agosto 2016

 

Mussa Talbudine, que participava na prova de velocidade canoa individual de 1000 metros, ficou, ontem, fora da final do torneio olímpico de canoagem ao terminar as meias-finais em último com o tempo de 5 minutos e 07 segundos.

 

O canoísta voltará a estar em prova esta quinta-feira, nas meias-finais em pares.Entretanto, Joaquim Lobo, outro canoísta entra em prova amanhã nos 200 metros.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 09:21
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 15 DE Agosto 2016

 

Depois das estrias menos conseguidas dos nadadores e do judoca no XXXI edição dos Jogos Olímpicos de Verão-Rio/2016  hoje Moçambique entra em acção com a canoagem modalidade sobre a qual reina alguma esperança de no mínimo uma final.

 

O primeiro a entrar em acção é Mussa Tualbudineque vai participar da primeira eliminatória da canoagem de velocidade canoa individual 1000metros. A prova decorre no Estádio da Lagoa as 14. 00horas locais.
A canoagem individual volta na quarta-feira a tarde com a entrada em cena de Joaquim Lobo nos 200 metros.
Na sexta-feira os dois voltam as águas desta feita  em pares 1000metros.


Ainda durante esta semana espera-se a estreia de Kurt Couto, que já vai na sua quarta olimpíada, mas até ontem não havia sido actualizado o calendário com o horário da eliminatória do moçambicano.

 

Na segunda-feira passada o judoca Marlon Acácio caiu logo na estreia ante o brasileiro Victor Penalber.
Lembre-se que o melhor que a natação moçambicana conseguiu foi uma vitória numa das eliminatórias dos 100livres através de Igor Mogne, que fez 50. 65segundos e ficou em 45 de 59 enquanto Yannah Sonnenschein fez 1.04.21 nos 100 mariposas e ocupou a 39 posição de 45 participantes.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 12:26
 O que é? |  O que é? | favorito
Quinta-feira, 11 DE Agosto 2016

 

O NADADOR Igor Mogne bateu, na terça-feira, o recorde nacional absoluto dos 100 metros livres, ao fixar o tempo de 50.65 segundos na primeira eliminatória do torneio de natação dos Jogos Olímpicos-Rio 2016.

 

Curiosamente, o anterior recorde (51.26) pertencia a este mesmo atleta, que tinha sido estabelecido a 11 de Março último durante uma prova efectuada ao serviço do Sporting de Portugal, seu actual clube.

 

Mesmo tendo feito a distância em menos 61 décimos e se ter classificado em primeiro na sua série, o nadador moçambicano não conseguiu passar para as meias-finais, visto que o seu tempo acabou sendo inferior comparativamente ao das outras séries, que acabaram se fixando, em média, em 48 segundos.

 

Só este ano Igor melhorou o seu tempo na especialidade de 100 metros livres por três vezes. Primeiro, em Fevereiro, nos “Nacionais” de Verão, tinha melhorado a sua marcada, na altura fixada em 53,30 segundos.

 

Igor Mogne, com 20 anos de idade, feitos no dia 1 de Agosto, é a grande esperança da natação nacional para os próximos torneios internacionais, sendo de destacar os próximos Jogos Olímpicos-Tóquio 2020.

 

Aliás, Igor foi o “rei” do último Campeonato Nacional de Verão disputado em Fevereiro, tendo vencido 11 provas das 15 em que participou ao serviço dos Golfinhos de Maputo. O nadador venceu as seguintes provas: 200 metros livres (1,58, 85 minutos) 50 metros costas (28,40 segundos), 400 metros livres (4,14, 41 minutos), 200 metros mariposa (2,18, 94 minutos), 100 metros costas (1, 03, 06 segundos) 50 metros mariposa (25,81 segundos) 50 metros livres (23,92 segundos) e dos 100 metros livres (53, 30 segundos).

 

Igor conta ainda com os recordes nacionais nos 800 metros livres (8. 39, 47 minutos); 1500 metros (16. 52, 85 minutos) e 50 metros bruços (32, 07 segundos).

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:01
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 10 DE Agosto 2016

Judoca Marlon Acácio e nadador Igor Mogne despedem-se dos Jogos Olímpicos

igormogne.jpg

 

Ainda no início da tarde desta terça-feira Igor Mogne nadou e venceu a 2ª eliminatória da primeira ronda dos 100 metros livres, todavia os 50 segundos e 65 décimos foram insuficientes para garantir o apuramento para as meias-finais.

O moçambicano de 20 anos de idade fez o 45º tempo, entre 59 nadadores que disputaram a eliminatória, acima da sua melhor marca na especialidade e muito longe dos 47 segundos e 90 décimos do melhor tempo de qualificação que foi obtido pelo australiano Kyle Chalmers de 18 anos de idade.

Estes dois desaires para o nosso País juntam-se a eliminação da nadadora Jannah Sonnenschein que no sábado foi sétima classificada na 2ª eliminatória dos 100 metros mariposa.

Restam ainda três representantes de Moçambique na Olimpíada do Rio de Janeiro os canoístas Joaquim Lobo (vai competir nas provas de Canoa individual 200m no dia 17 e de Canoa dupla 1.000m no dia 19) e Mussá Chamaune (vai disputar as provas de Canoa individual 1.000m no dia 15 e de Canoa dupla 1.000m no dia 19) e o corredor Kurt Couto (vai disputar os 400 metros barreira no dia 14).




 

publicado por Vaxko Zakarias às 10:23
 O que é? |  O que é? | favorito

Judoca Marlon Acácio e nadador Igor Mogne despedem-se dos Jogos Olímpicos

 

O judoca Marlon Acácio e o nadador Igor Mogne estrearam-se nos Jogos Olímpicos que decorrem na cidade brasileira do Rio de Janeiro, nesta terça-feira(09), e em 3 minutos despediram-se da mais importante competição desportiva do planeta.

Durou menos de 2 minutos o combate de Marlon contra o brasileiro Victor Penalber na primeira ronda da categoria até 81kg.

Penalber, número 12 do ranking mundial, aplicou um golpe e conseguiu um wazari. Antes que o moçambicano, número 77 do ranking, pudesse respirar o brasileiro segurou-o tatame e o árbitro iniciou a contagem. Marlon Acácio só se levantou já derrotado.




 

publicado por Vaxko Zakarias às 10:03
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 09 DE Agosto 2016

 

O jovem moçambicano, Marlon Acácio, vai estrear-se na tarde de hoje nas olimpíadas como o melhor judoca moçambicano e africano, tendo beneficiado da sua melhor classificação no ranking africano em relação aos outros judocas que também sonhavam em marcar presença no maior evento desportivo do mundo.

 

O judoca moçambicano vai competir na categoria de 81 Kg as 15 horas e 35 Minutos. Marlon é um dos muitos atletas que carimbaram o passaporte para o Rio a qualificar-se pela cota continental devido à acumulação de pontuação no ciclo olímpico. Ele foi o melhor a nível nacional e africano, não tendo conseguido a qualificação directa que engloba os primeiros 22 atletas no ranking.

 

O judoca conta, ainda, com participações no Grand Prix, Grand Slam e Campeonato do Mundo. Nas Olimpíadas, Marlon estreia-se, depois de Edson Madeira, em 2008, em Beijing, China, e Neuso Sigaúque, em 2012, em Londres, Inglaterra, terem participado na competição.

 

 

Fonte:tve24

publicado por Vaxko Zakarias às 12:57
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 08 DE Agosto 2016

 

A estreia de Moçambique na XXXI edição dos Jogos Olímpicos de Verão-Rio/2016, que decorre oficialmente desde sábado, não foi por aí além, com a nadadora Jannah Sonnenschein a cair logo na primeira eliminatória, depois de terminar em sétimo lugar numa das séries dos 100 metros bruços.

 

A atleta, que é bolseira da Solidariedade Olímpica Internacional, fez a especialidade com o tempo de 1.04.21 minuto e na classificação geral ocupou a 39.ª posição de um total de 45 nadadoras. Nadando na segunda série, Jannah Sonnenschein só foi melhor que Dalia Zamora (Nicarágua) que fez 1.05.81 minuto numa eliminatória em que a vencedora, Amit Lvry, de Israel, fez 59.42 segundos. 

 

Hoje Moçambique não entra em acção, devendo voltar a competir amanhã à tarde através do nadador Igor Mogne, que disputará as eliminatórias dos 100 livres.

 

Tal como Jannah Sonnenschein, o nadador do Sporting de Portugal tem poucas hipóteses de passar à eliminatória seguinte, sabido que nem sequer conseguiu os mínimos para marcar presença no maior evento planetário.

 

Amanhã será igualmente o dia de estreia do judo, através de Marlon Acácio (-81kg) que vai disputar os dezasseis-avos-de-final do torneio da modalidade.

 

As restantes duas modalidades, canoagem e atletismo, só entram em acção na próxima semana. Mussá Tuabuldine e Joaquim Manhique vão estreiam-se no dia 17, enquanto Kurt Couto, que está na sua quarta olimpíada, compete no dia 18 do corrente mês. 

 

Lembre-se que Moçambique foi oficialmente recebido na terça-feira na Vila Olímpica, que acolhe mais de 16 mil pessoas, entre atletas e oficiais. E na cerimónia de abertura Joaquim Lobo foi o porta-estandarte, substituindo Kurt Couto, que ocupou esse estatuto nas últimas presenças.

 

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 12:03
 O que é? |  O que é? | favorito
Sexta-feira, 05 DE Agosto 2016

 

O país do samba e do futebol veste-se, a partir de amanhã, com pompa e circunstância para inaugurar a trigésima edição dos Jogos Olímpicos, que terão a participação de mais de 13 mil atletas de diferentes quadrantes do mundo.  
 

Entre vários países que irão desfilar a classe, encontra-se Moçambique, que irá participar do evento com seis atletas na modalidade de atletismo, natação, canoagem e judo.

 

A delegação moçambicana partiu para Brasil com quinze elementos, no dia 24 de Julho. 

 

A cerimónia de abertura vai decorrer no Estádio de Maracaná, no Rio de Janeiro, sob o lema "Um Mundo Novo" e terá a duração de três horas.

 

Vão abrilhantar a cerimónia os músicos Caetano Veloso, Elza Soares, Ludmilla, Gilberto Gil e Wesley Safadão.

 

 

 

publicado por Vaxko Zakarias às 09:30
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 03 DE Agosto 2016

 

Cerca de 13.000 atletas provenientes de 206 países, entre os quais Moçambique, vão corporizar a 31ª  edição dos Jogos Olímpicos de Verão, cuja cerimónia de abertura vai ter lugar esta sexta-feira, dia 5, no mítico Estádio de Maracaná, no Rio de Janeiro, Brasil. No total serão 28 modalidades que desfilarão no evento, que decorrerá até ao dia 21, sob o slogan "Um Mundo Novo".

 

A abertura das Olimpíadas/2016 acontecerá na cidade do Rio de Janeiro no dia 5 de Agosto, com horário de início previsto para as 19.15 horas, com a realização de um show preliminar. A cerimónia propriamente dita começará pontualmente às 20.00 horas (1.00 hora de Moçambique) e terá a duração aproximada de 3 horas.

 

As atracções musicais que já têm presença confirmada na abertura das Olimpíadas são Anitta, Caetano Veloso, Elza Soares, Ludmilla, Gilberto Gil e Wesley Safadão. Contudo, os horários e detalhes das suas participações ainda não foram divulgados.

 

Também já foi confirmada a presença de Gisele Bündchen, que fará um desfile numa passarela que na verdade será criada virtualmente a partir de uma projecção do calçadão de Copacabana. O desfile terá como canção de fundo a música “Garota de Ipanema”, de Tom Jobim.

 

A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos e também a de encerramento (que também será à mesma hora e com duração de duas horas) acontecerão no Estádio de Maracanã e serão televisionadas para o mundo inteiro.

 

QUEM ACENDERÁ À PIRA OLÍMPICA?

 

O grande ídolo do futebol no Brasil (Pelé) já tem a sua presença garantida na abertura das Olimpíadas. A dúvida é se ele será agraciado com a honra de acender a Pira Olímpica. Apesar de ser o favorito, pela sua grande representatividade, o seu nome ainda não foi confirmado.

 

O acendimento da Pira Olímpica é um dos momentos mais aguardados da abertura dos Jogos Olímpicos.

 

O responsável pela criação foi Thomas Heatherwick, que projectou a obra de 8,50 metros de altura. Desde 1928, nos Jogos de Amsterdão, as piras são dos principais símbolos evocados nas Olimpíadas.

 

Ainda não foi definido como será o roteiro do transporte da pira desde o Maracanã até ao Boulevard Olímpico.

 

Personalidades como a cantora Elza Soares e a modelo Gisele Bündchen estão confirmadas na festa inaugural.

 

O designer australiano Michael Scott-Mitchell, responsável pela Pira das Olimpíadas de Sidney (2000), disse a uma publicação brasileira que normalmente se projecta o objecto pensando em quem deve acendê-lo e apagá-lo, ao longo das cerimónias de praxe.

 

O especialista também ressaltou que cada país-sede deve pensar em elementos que sintetizem a cultura da nação e representá-los no desenho da pira. Criada por Michael, a Pira de Sidney foi acesa dentro d’água pela primeira atleta aborígene a representar o país, CathyFreeman.

 

Nas últimas Olimpíadas, em Londres (2012), uma pira formada por mais de 200 peças metálicas (simbolizando os times que participaram do evento) em formato de pétalas se juntava para acender a Chama Olímpica na abertura da festa e se distanciava para apagar o fogo no encerramento.

 

O QUE ESPERAR DA ABERTURA

 

A equipa de directores criativos para as Olimpíadas/2016 é composta por AndruchaWaddington, Abel Gomes, Daniela Thomas e Fernando Meirelles.

 

A promessa, segundo Daniela Thomas, é fazer a maior festa já realizada no país. Como se trata de um evento mundial, estima-se que mais de 3,5 bilhões de pessoas assistam à abertura das Olimpíadas do Rio em 2016.

 

A trilha sonora será marcada pelo melhor da música popular brasileira. A ideia é mostrar o que há de melhor e mais expressivo na cultura do Brasil.

 

A abertura tem como proposta contar um pouco da história do Brasil e como se deu a construção da identidade do povo brasileiro, destacando a migração e a miscigenação.


Deborah Colker é a responsável pela direcção das coreografias da abertura das Olimpíadas no Rio de Janeiro.

 

Daqui por diante é só aguardar que o grande dia chegue para que o Brasil e o mundo inteiro confiram a abertura das Olimpíadas RJ 2016.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:29
 O que é? |  O que é? | favorito
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO