Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 26 DE Julho 2016

 

O Desportivo de Maputo arrancou uma vitória, ontem, diante duma equipa forte de Ferroviário da Beira, treinada por Nasir Salé, no prolongamento (73-71), após empate (69-69) nos 40 minutos.

 

Foi o primeiro grande jogo da Liga Nacional de Basquetebol, que arrancou no último sábado, no pavilhão de Maxaquene. O Ferroviário de Maputo e A Politécnica são os únicos invictos.

 

Depois da derrota no dia anterior, frente à aguerrida equipa d’A Politécnica (61-58), O Desportivo mostrou atitude na partida de ontem. Mais do que se deixar intimidar, mostrou a postura de campeão, afinal são os detentores do troféu nacional, e saíram a vencer no primeiro período por 20 pontos (25-5)! O Ferroviário da Beira reagiu, mas foi ao intervalo ainda em desvantagem (23-31). No terceiro período, o encontro terminou empatado (49-49). E o jogo terminaria empatado (66-66). No prolongamento Milton Caifaz resolveu (73-71). Ainda nos prolongamentos, o jogo também esteve empatado (71-71). Há segundos do fim, Nilton Caifaz Marcou um lancemntos, em dois possíveis (72-71). Ismael Nurmamad também teve a oportunidade de colocar a sua equipa em vantagem, mas falhou nos lançamentos livres e ainda permitiu o ressalto de Caifaz, que ainda teve direito de lamento livre, depois da falta. O atleta voltou a marcar (73-71) e decidiu o encontro.

 

1.ª Jornada (sábado)

 

Ferroviário de Maputo-CAME (88-51)

Costa do Sol-Ferroviário da Beira (60-90)

Desportivo-A Politécnica (58-61)

Maxaquene-Vaz Team Basket (62-63)

 

2.ª Jornada (ontem)

 

CAME-Costa do Sol (71-95)

Vaz Team Basket-Ferroviário de Maputo (51-92)

A Politécnica-Maxaquene (73-60)

Ferroviário da Beira-Desportivo (71-73)

 

Próximas jornadas

 

3.ª (amanhã)

 

Ferroviário-A Politécnica

CAME-Vaz Team

Maxaquene-Fer.Beira

Desportivo-Costa do Sol

4.ª (quarta-feira)

 

Fer. Beira-Fer. Maputo

A Politécnica-Vaz Team

Desportivo-CAME

Costa do Sol Maxaquene

 

5.ª (sexta-feira)

 

Vaz Team-Fer.Beira

CAME-A Politécnica

Fer. Maputo-Costa do Sol

Maxaquene-Desportivo

 

6.ª (sábado)

 

Costa do Sol-Vaz

Fer.Beira-A Politécnica

Desportivo-Fer.Maputo

Maxaquene-CAME

 

7.ª  (domingo)

 

CAME-Fer.Beira

A Politécnica-Costa do Sol

Vaz Team-Desportivo

Fer.Maputo-Maxaquene

 

CLASSIFICACÃO ACTUAL

 

                              J          V         D       CM-CS           P

 

1.º Fer.Maputo  2          2          0      180-143       04

2.º A Politécnica    2          2          0       134-118          04

3.º Desportivo       2          1          1       131-132          03

4.º Fer.Beira         2          1          1       161-133          03

5.º Costa do Sol    2          1          1       155-161          03

6.º Vaz Team         2          1          1       114-154          03

7.º Maxaquene      2          0          2       122-136          02

8.º CAME               2          0          2        122-183          02

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:11
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 02 DE Junho 2014

O FERROVIÁRIO da Beira revalidou o título na Liga Nacional de Basquetebol ao vencer o seu homónimo de Maputo, por 71-62, no jogo de desempate realizado na noite de ontem, no Pavilhão do Maxaquene, depois da igualdade verificada ao fim dos primeiros dois “play-offs” da final.

Os beirenses venceram o primeiro “play-off” na última quinta-feira, por 72-62. Porém, os “locomotivas” da capital redimiram-se no dia seguinte, ganhando por 74-61, forçando deste modo a decisão do título para ontem.

 

O Ferroviário da Beira foi sem dúvidas superior, pois esteve à frente do marcador do primeiro até ao último período, demonstrando maturidade e experiência competitivas, que lhes conferiram maiores possibilidades de concretização.

 

 

Os resultados registados nos primeiros dois “play-offs” revelaram o equilíbrio de forças entre as duas melhores equipas do basquetebol sénior masculino e abriram espaço para o tira-teimas. Aos beirenses, valeu-lhes a contratação dos norte-americanos Kejuan Johson - excelente armador do jogo -, e Jeffrey Fahnbuller, um poste bastante activo na prossecução do jogo ofensivo e autêntico finalizador, seja nos ressaltos e lances livres, bem como em iniciativas individuais. Com esta dupla, o Ferroviário da Beira teve maior valia na constituição de um cinco bastante forte e que tinha ainda Octávio Magoliço, Amando Baptista e Ismael Nurmamad como jogadores de excelência em termos tácticos e técnicos.

 

 

Enquanto isso, o Ferroviário de Maputo denotou certas fragilidades na organização do seu jogo, com alguma falta de concentração que contribuiu muito para que os beirenses ganhassem muitas faltas junto à zona do garrafão e que ajudaram para a conquista de mais pontos.

 

 

Foi uma noite inglória na qual nem a experiência da dupla Custódio Muchate e Edson Monjane foi suficiente para superar a motivação e confiança demonstradas pelos beirenses.

 

 

É o caso dos irmãos Ermelindo e Orlando Novela, uma dupla promissora, que pouco deu às vistas, Para além de fraca finalização, os “locomotivas” continuaram a cometer mais faltas e com este comportamento não puderam evitar a derrota por 71-62.

 

 

SALVADOR NHANTUMBO

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:35
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 21 DE Maio 2014

O DESPORTIVO venceu o Maxaquene, por 70-49, no jogo mais aguardado da quinta jornada da Liga Nacional de Basquetebol em seniores masculinos e garantiu praticamente o acesso as meias-finais.

 

 Os “alvi-negros” estiveram sempre na frente do marcador. Com um plantel mais sólido e composto por individualidades capazes de causar desequilíbrios, como são os casos de Pio Matos Jr, Augusto Matos e David Canivete, mostraram argumentos para assumir o jogo do principio ao fim. Por isso ao final do primeiro período não causava estranheza o facto de estarem a ganhar por uma vantagem de 13 pontos (26-13).

 

É certo que quando se fala de básquete uma diferença como esta é passível de ser recuperável, mas por aquilo que era o decurso do jogo, o Desportivo estava mais perto de aumentar o “score” do que propriamente o Maxaquene dar a volta ao marcador. O poste sul-africano. Queenton Kalombo, os extremos-postes, Isidio Zandamela e Pio Matos Jr , no papel de armador de jogo, foram determinantes para que ao intervalo a turma “alvi-negra” estivesse a vencer, por 39-20. O resultado elucidava a superioridade dos comandados de César Mulhui em relação aos de Simão Mataveia.   

    

No final do terceiro período, embora tenha-se notado uma atitude mais agressiva da parte dos “tricolores”, a sua luta acabou sendo inglória, na medida em que, sairam a perder por 18 pontos (53-35).

 

Só restava ao Maxaquene mais dez minutos, correspondentes ao quarto período, para procurar dar a volta ao texto. No entanto, os grandes problemas defensivos e a falta frieza no momento de lançar ao cesto mantiveram-se inalteráveis, enquanto doutro lado, estava um adversário que finaliza na maior parte das vezes que atacava.

 

Augusto Matos e David Canivete repartiram o título de melhor marcador com 17 pontos cada, enquanto Pio Matos Jr obteve 16. Mas por incrível que pareça foi um tricolor, no caso, Nandinho a ser o rei dos marcadores com 18 pontos. Foi o único que se safou na sua equipa no que diz respeito ao ataque ao cesto.

 

No primeiro jogo do dia, o Ferroviário venceu a UP de Maputo por 104-48. Logo a seguir Soprotecção de Quelimane, também aplicou chapa cem, a UP de Nampula, por 103-79.

 

Hoje joga-se a sexta jornada com os seguintes desafios: UP Nampula-Ferroviário da Beira (14:00 h); UP Maputo-Soprotecção de Quelimane (16:00 h); Maxaquene-Ferroviário (18:00 h) e  Desportivo-Costa do Sol (20:00 h).

 

 

FICHA TÉCNICA

 

ÁRBITRO:  Artur Bandeira e Célio Chiao.

DESPORTIVO(equipas iniciais): Pio Matos Júnior, Augusto Matos, David Canivete, Paulo Sambo e Isidio Zandamela

MAXAQUENE(equipas iniciais): Abel Matabene, Ronaldo Geneto, Fernando Manjate “Nandinho”, Stélio Nuaila, Hugo Martins.

 

IVO TAVARES

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 10:09
 O que é? |  O que é? | favorito
Sexta-feira, 16 DE Dezembro 2011
publicado por Vaxko Zakarias às 12:46
 O que é? |  O que é? | favorito
Ferroviario vs Maxaquene

À MEDIDA que a Liga Nacional de Basquetebol em seniores masculinos se aproxima do final, a margem de erro das equipas participantes vai diminuindo.

 

Se na fase de grupos havia espaço para errar, hoje, com a disputada dos quartos-de-final, em que apenas o vencedor pode seguir em frente, a margem de erro é zero!

 

 

O desafio mais apetitoso da ronda é aquele que terá a honra de encerrar a ronda, trata-se do Desportivo-Costa do Sol com início previsto para as 20.00 horas no Pavilhão do Maxaquene, palco que vem albergando, desde sábado passado, a mais importante competição de basquetebol do país.

 

 

Desportivo, segundo da Série A, não deixou uma boa impressão na última partida da fase de grupos, tendo perdido com o Ferroviário, facto que lhe custou a perda do primeiro lugar. Muitos passes falhados, oportunidades claras de encestar, foram desperdiçados vezes sem conta pelos “alvi-negros” que hoje terão pela frente um velho conhecido, o Costa do Sol, naquele que também é conhecido como “derby das aves”, ou não estivessem frente a frente “águias” e “canários”.

 

 

 

A expectativa é enorme em torno deste jogo, até porque os “canarinhos” já mostraram que possuem argumentos para triunfar. As “águias” que se cuidem, e se repetirem a desastrosa exibição frente aos “locomotivas”, as probabilidades de ficarem pelo caminho são maiores.  

 

      

Dos grandes, o Ferroviário do Maputo, primeiro classificado da Série “B”, é o que teoricamente tem a vida mais facilitada atendendo que defronta A Politécnica, quarto da A. Após o triunfo diante do rival Desportivo, os “locomotivas” estão em alta na prova a todos os níveis. A confiança, moral e, acima de tudo, o espírito de grupo ficaram fortalecidos e é de esperar que a “locomotiva” passeie a sua classe já a pensar no embate das meias-finais.  

 

 

A anteceder este desafio, o Maxaquene, primeiro da Série B, mede forças com a UP, quarto da A. Trata-se de um despique com espectro de vingança por parte dos “tricolores”, visto que ainda têm a espinha entalada na garganta depois de terem sido surpreendidos por este mesmo adversário no Campeonato da Cidade do Maputo. Embora seja inquestionável que os campeões nacionais são favoritos a vencer é preciso realçar que doutro lado estará uma equipa motivada e que quer criar mais desabores.

 

 

Os ânimos vão aquecer quando o Ferroviário da Beira, segundo da Série B, bater-se com a Soprotecção de Quelimane, terceiro do A, naquela que é a única partida que não envolve equipas da capital do país. Estarão em campo duas equipas superiormente estruturadas e que têm oferecido muita qualidade à prova, sendo que hoje não deverá fugir à regra. Antevê-se um desafio equilibrado entre beirenses e quelimanenses.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:10
 O que é? |  O que é? | favorito
Desportivo de Maputo

A PRIMEIRA fase da Liga Nacional de Basquetebol serviu, mais uma vez, para elucidar o poderio das equipas da cidade do Maputo. Das dez equipas envolvidas na fase de grupos, seis eram da capital do país e todas lograram transitar para os quartos-de-final, a saber: Maxaquene, Desportivo, Ferroviário do Maputo, Costa do Sol, Universidade Pedagógica (UP) e A Politécnica.  

 

 

Os indicadores são claros no que diz respeito à superioridade dos representantes da cidade do Maputo em relação às equipas das províncias. De uma maneira geral, o nível de básquete dos maputenses continua a estar uns bons degraus acima do das restantes formações do resto do país.

 

Embora se procure encontrar um equilíbrio através de uma Liga de Basquetebol mais profissional e regular procurando envolver diversos clubes, o fosso é ainda significativo. A aposta na regularização da competição interna, a nível da própria província ou cidade, é definitivamente a base, o alicerce para a médio e longo prazo, se possa ter “básquete” nas outras províncias.

 

 

O Ferroviário da Beira é a única equipa que vai tentando lutar para quebrar a hegemonia das equipas da capital do país. Com presenças frequentes nas Ligas Nacionais, mostra que a aposta na bola-ao-cesto é séria. À semelhança dos beirenses pede-se que surjam mais formações com a mesma disponibilidade e força, se assim for, a modalidade ganhará mais interesse e competitividade.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:04
 O que é? |  O que é? | favorito
Inak Garcia

NO desafio entre o Maxaquene e o Ferroviário da Beira houve um despique à parte envolvendo dois técnicos espanhóis: Inak Garcia e Luís Hernandez. Eles que um dia antes do jogo haviam mantido uma longa conversa, quiçá já a projectarem as suas férias na terra natal, Espanha, travaram um duelo interessante na “guerra” das tácticas.

 

Durante sensivelmente duas horas a amizade foi “posta de lado”, afinal amizade e trabalho são coisas que não se misturam, cada um luta para defender o seu “pão”. Inak, ao serviço do Maxaquene, e Hernandez, do Ferroviário da Beira, mantiveram um equilíbrio na forma como foram gerindo as suas formações. Nalgumas vezes eram os “tricolores” que estavam por cima dos acontecimentos, noutras os beirenses, uma toada que se prolongou até o último minuto. Era difícil vaticinar qual dos espanhóis seria o último a rir.

 

Mas, no último minuto, Hernandez meteu “água”, complicou o lógico, ao abdicar dos bases numa altura em que estava melhor e precisava de pegar no jogo. Inak, que não é nenhum leigo na matéria, muito menos ingénuo, deu ordens para o “pressing”, estratégia certa para aplicar a machadada final ao seu compatriota. 

 

 

 

JOGOS DOS QUARTOS-DE-FINAL

 

Hoje

 

 

 

 

14:00 h Ferroviário do Maputo (1° da Série A)-A Politécnica (4° da B).

16:00 h – Maxaquene (1° da Série B)-UP (4° da Série A).

18:00 h Ferroviário da Beira (2° da Série B)-Soprotecção de Quelimane (3° da Série A).

20:00 h Desportivo (2° da Série A)-Costa do Sol (3°  Série B).

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:50
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 13 DE Dezembro 2011
Costa do Sol vs..

A QUARTA jornada da Liga Nacional de Basquetebol em seniores masculinos tem como prato forte o desafio entre o Ferroviário da Beira e o Costa do Sol, agendado para hoje, às 18.00 horas, no pavilhão do Maxaquene.

 

Uma vitória de uma das equipas coloca-as em posição privilegiada na série B e igualmente com boas perspectivas de transição para os quartos-de-final. É de olho no apuramento para a segunda fase do “Nacional” que os beirenses e “canarinhos” se farão ao remodelado pavilhão dos “tricolores”.

 

 

Embora se trate de equipas com jogadores possuidores de bom nível técnico e já experimentados em provas de género uma vez que frequentemente vêm marcando presença, o factor confiança e de animosidade pende para os “locomotivas” da Beira que lograram alcançar duas vitórias convincentes, enquanto os “canários” tiveram uma estreia pálida, no domingo, na derrota com os “tricolores”.

 

Esta noite os adeptos da bola-ao-cesto terão a oportunidade de assistir a este confronto e de testemunhar até que ponto os beirenses podem manter o alto ritmo diante de um adversário que pretende limpar a má imagem deixada no jogo inaugural.

 

A jornada abre, às 14.00 horas, com o campeão nacional, o Maxaquene, a medir forças com o Instituto Superior Politécnico de Tete, em jogo da mesma série. Os “tricolores” têm aqui a oportunidade de não só ganhar como chegar à fasquia dos 100 pontos atendendo que os tetenses são claramente os mais acessíveis da prova e vêm apresentando um nível muito inferior comparativamente aos restantes participantes.

 

A seguir será a vez do representante da província do Maputo, Matolinhas, ter a difícil tarefa de enfrentar o Ferroviário de Maputo em partida da série A. Os “locomotivas” na qualidade de candidatos ao título são favoritos a conquistar os dois pontos em disputa.

 

A ronda encerra com o Desportivo a bater-se, a partir das 20.00 horas, com a Soprotecção de Quelimane. Os “alvi-negros” terão que ter muitas cautelas se não quiserem ter um desgosto pois os quelimanenses já mostraram ao vencer a UP, no domingo, que não vieram a Maputo em passeio. Em perspectiva um bom jogo de basquetebol a fechar a ronda.

 

Refira-se que amanhã termina a fase de grupos, na quinta-feira será dia de descanso, e na sexta-feira arrancam os quartos-de-final, pelo que na jornada de hoje ficarão conhecidos os primeiros apurados.

Resultados de ontem

 

SÉRIE A

 


UP- Ferroviário do Maputo (29-79)

Soprotecção de Quelimane-Matolinhas (74-54)

Desportivo ficou de fora

 

SÉRIE B


IS Politécnico de Tete-Costa do Sol ( 55-97)

A Politécnica-Ferroviário da Beira  (50-57)

Maxaquene ficou de fora

 

 

Quadro de Jogos

 

 

HOJE


Pavilhão do Maxaquene

 

 

Série A


16.00h – Matolinhas-Ferroviário do Maputo

20.00h – Soprotecção de Quelimane-Desportivo

UP fica de fora

 

Série B


14.00h – IS Politécnico de Tete-Maxaquene

18.00h – Costa do Sol-Ferroviário da Beira

A Politécnica fica de fora

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:35
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 12 DE Dezembro 2011

ARRANCOU na tarde de sábado, em Maputo, a Liga Nacional de Basquetebol em seniores masculinos, a competição mais aliciante da bola-ao-cesto e a mais competitiva. A primeira jornada serviu para os candidatos ao título exibirem todo o seu poderio e confirmarem que querem conquistar o troféu.

 

A ronda abriu com o Maxaquene, campeão nacional, a vencer sem dificuldade A Politécnica, por 78-42, em partida da Série “B”. A ritmo de treino, os “tricolores” foram construindo uma vitória que não sofre qualquer tipo de contestação.

 

 

A equipa “tricolor” tratou de mostrar que queria resolver o jogo muito cedo ao acelerar no primeiro período, tendo saído a ganhar por uma clara vantagem de 13 pontos (21-8). Ao intervalo já vencia por 44-21, resultado que o permitia encarar o terceiro e quarto períodos tranquilo. Sem precisar de usar todas as suas “armas”, os campeões nacionais, ainda deram-se ao luxo de ao terceiro período perderem por 14-11. Mas nos últimos dez minutos, voltaram a pisar no acelerador e fecharam com 20-7. No final das contas o marcador registava um 78-42 favorável aos donos da casa que assim começam bem a defesa do título.

 

Para a mesma série, o Ferroviário da Beira alcançou o triunfo mais robusto da ronda sobre o I.S. Politécnico de Tete, por 108-41. Os beirenses cometeram a proeza de aplicarem a primeira “chapa cem” da prova e deixaram evidente que vêm a Maputo para levarem o “canecão”.

Na série “A”, o Desportivo, vice-campeão, não teve dificuldades para vencer a UP, por 56-31. O Ferroviário de Maputo também aproveitou a primeira jornada para passear a sua classe, batendo a Soprotecção de Quelimane, por 67-51.

 

Cada série é constituída por cinco equipas pelo que Matolinhas e Costa do Sol ficaram de fora na série “A” e “B”, respectivamente.

Apuram-se para os quartos-de-final os primeiros quatro classificados de cada série.

Campeão e vice descansam

 

O Maxaquene o Desportivo ficam de fora na ronda de hoje e aproveitarão, certamente, o dia de descanso para observarem os adversários de amanhã e por que não já a pensar naqueles que poderão encontrar nos quartos-de-final.

 

Sem grandes atractivos, o destaque vai para o “derby” maputense entre a UP e o Ferroviário de Maputo. A avaliar pela equipa aguerrida da UP, antevê-se vida complicada para os “locomotivas”.

 

Nas outras partidas é fácil avançar prognósticos quanto aos vencedores. A Soprotecção de Quelimane é favorita no duelo com Matolinhas, o Costa do Sol detém o mesmo estatuto no confronto com o I.S. Politécnico de Tete, o mesmo acontece no embate entre A Politécnica-Ferroviário da Beira, com os beirenses a serem claros candidatos à vitória.   

Quadro de Jogos

Maputo, Domingo, 11 de Dezembro de 2011:: Notícias
 

Hoje


Pavilhão do Maxaquene

 

Série “A”


14.00h – UP-Ferroviário de Maputo

16.00h – Soprotecção de Quelimane-Matolinhas


Desportivo fica de fora


Série “B”


18.00h – I.S. Politécnico de Tete-Costa do Sol

20.00h – A Politécnica-Ferroviário da Beira 

Maxaquene fica de fora

Resultados de ontem

 

Série “A”: Desportivo – Matolinhas (  ) e UP – Soprotecção de Quelimane (  ).

Ferroviário ficou de fora.

 

Série “B”: A Politécnica – I.S. Politécnico de Tete (  ) e  Maxaquene – Costa do Sol ( ).

Ferroviário da Beira ficou de fora.

 

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:38
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 12 DE Julho 2010

 


Fase de Apuramento à Fase Regional da Liga Nacional

A Politécnica ganhou no terreno o apuramento para a Liga Nacional de Basquetebol, mas agora está presa a uma decisão da secretaria, pois há um recurso depositado no Conselho Jurisdicional da ABCM.

Uma agitação moral caminha velozmente para uma grande polémica, envolvendo a Associação de Basquetebol da Cidade de Maputo (ABCM), os clubes Real Sociedade, Universidade Pedagógica e A Politécnica, devido à divergência de opiniões no tocante ao sistema de apuramento da equipa representante da cidade de Maputo.

A ABCM defende que é preciso manter o sistema inicialmente previsto - sistema de todos contra todos numa única volta -, enquanto alguns clubes são de opinião de que com o adiamento de 2 para 16 de Julho da Fase Regional de Acesso à Liga Nacional deve haver lugar para a realização duma segunda volta. Mais ainda, após o final da primeira volta, há três equipas empatadas com sete pontos cada. Face ao recurso depositado no Conselho Jurisdicional da ABCM, a homologação definitiva da A Politécnica está dependente da decisão deste órgão.

Crescêncio José
 
Fonte:O Pais
publicado por Vaxko Zakarias às 12:52
 O que é? |  O que é? | favorito
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
Posts mais comentados
2 comentários
blogs SAPO