Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 20 DE Janeiro 2012
can 2012

Arranca amanhã a 28ª edição do Campeonato Africano das  Nações (CAN-2012), prova a ser organizada conjuntamente pelo Gabão e Guiné-Equatorial. 


O jogo de abertura do CAN-2012  será  entre a Guiné-Equatorial e Líbia. Ainda amanhã, também a contar para a primeira jornada do grupo A, o Senegal mede forças com a Zâmbia.

O 28º Campeonato Africano das Nações (CAN2012), a iniciar dia 21 deste mês, numa organização conjunta do Gabão e da Guiné-Equatorial, marca o fim da realização desta prova em anos pares, ocorrido de forma ininterrupta desde 1968, aquando da sexta edição, na Etiópia, escreve a “Angola Press”.

 

 

Realizada pela primeira vez em 1957, no Sudão, a principal prova da Confederação Africana de Futebol (CAF) acontecia em intervalos irregulares e com alternância no número de participantes - dentre três, seis, oito e 12 -, até, que em 1996 (20ª edição), na África do Sul, se decidiu fixar em 16 concorrentes.

 


O campeonato de 1957 teve apenas três concorrentes (Egipto, Sudão e Etiópia) e foi ganho pelos “faraós”, que viriam a repetir a proeza dois anos depois, enquanto o Gana em 1963, em casa, e 1965, na Tunísia, conquistou os restantes CAN disputados em anos ímpares no período que antecedeu a 1968.

publicado por Vaxko Zakarias às 09:47
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Sexta-feira, 07 DE Outubro 2011

Os restantes dez lugares que faltam preencher na fase final do Campeonato Africano das Nações de 2012 são decididos de hoje a domingo com a disputa da sexta e última jornada da etapa de qualificação.

 

Serão 90 minutos de felicidade ou de desespero para as 24 equipas que disputam os lugares em aberto, sendo que Botswana, Costa do Marfim, Senegal e Burquina Faso já garantiram o bilhete para Gabão e Guiné Equatorial, países que irão acolher a 28ª edição da maior prova continental africana a nível de selecções.

 

A surpresa desta fase de qualificação é que o Egipto, sete vezes campeão africano, já não tem hipóteses de apuramento e por isso não poderá defender o título. Mas há outros colossos que se encontram em situação semelhante na corrida para a fase final.

 

 

 No Grupo “A”, verdadeira corrida de cavalos a três entre os líderes Mali, Zimbabwe e Cabo Verde. As Águias do Mali jogam em Monróvia com a Libéria, enquanto Cabo Verde recebe o Zimbabwe.

 

 

Duas vezes campeã africana, a Nigéria, no Grupo “B”, enfrenta no seu reduto a Guiné-Conacri e precisa de uma vitória para assegurar o apuramento. No entanto, os guineenses necessitam de um empate para seguirem em frente depois de em Outubro passado terem vencido em casa as Super Águias. Em Addis Abeba, a Etiópia joga com Madagáscar.

 

 

Em Lusaka, a Zâmbia recebe a Líbia na luta pela primeira posição do Grupo “C”. Os Chipolopolos têm 12 pontos, um ponto a mais que os líbios, que buscam o lugar na final pela primeira vez desde 2006. Moçambique vai jogar com Comores, no Maputo, num embate que servirá apenas para cumprir calendário.

 

 

Para o Grupo “D”, todas as quatro equipas, nomeadamente, Marrocos, República Centro-Africana, Tanzania e Argélia, têm chances de qualificação. Em Marraquexe, os “Leões do Atlas” precisam de ganhar a Tanzania para selar a qualificação. Argélia e RC Africana batalham igualmente pela qualificação.

 

 

O Senegal já se classificou no Grupo “E”, mas a corrida para terminar entre os dois melhores segundos colocados se endurece entre o RD Congo e os Camarões. O encontro entres estas duas equipas realiza-se em Kinshasa hoje, na abertura da ronda. No domingo, o Senegal procurará consolidar a primeira posição quando visitar as Maurícias.

 

 

No Grupo “F”, Burquina Faso viaja a Banjul para enfrentar Gâmbia. Os burquinabes já estão apurados e jogam para cumprimento de calendário.

 

 

No Grupo “G”, o Níger lidera surpreendentemente e está de olho na primeira qualificação para o CAN, mas para consumar esse sonho terá de bater o Egipto, no Cairo.

 

 

No mesmo grupo, África do Sul e Serra Leoa, ambos na luta, jogam entre si. O encontro realiza-se em Nelspruit.

A Costa do Marfim procura manter o registo de cem porcento de vitórias no Grupo “H”. Os marfinenses jogam com Burundi em Abidjan. Os campeões africanos de 1992 continuam a ser a única equipa que venceu os cinco jogos realizados até aqui. Em Cotonou, o Benin ombreia com o Ruanda.

 

 

No Grupo “I”, há um encontro de líderes. O Sudão e o Gana têm 13 pontos e enfrentam-se em Cartum. Quem vencer termina como líder e garante o apuramento. A Suazilândia bate-se com o Congo, em Mbabane.

 

 

O Uganda está mais próximo de garantir a qualificação pela primeira vez na sua história. Os ugandeses recebem o Quénia, em Kampala, no Grupo “J”. Os quenianos têm remotas chances de apuramento.

 

 

Neste grupo destaca-se o jogo entre equipas que falam português: Angola e Guiné-Bissau, em Bissau.

 

 

No Grupo “K”, a Tunísia enfrentará o Togo, em Tunis, e, em caso de vitória, pode garantir o apuramento, enquanto o Chade joga com o Malawi, em N'djamena.Com o Botswana já apurado, Tunísia e Malawi lutam pela outra vaga.

 

 

Para o Malawi, a vitória será suficiente para garantir a sua qualificação pela segunda vez consecutiva para o Campeonato Africano das Nações.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:33
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Josimar e Soarito em treino

A SELECÇÃO Nacional de futebol está confiante na vitória diante das Ilhas Comores, amanhã (15.00 horas), no Estádio da Machava, em partida a contar para a sexta e última jornada do Grupo “C” de qualificação para o CAN-2012, cuja fase final terá lugar simultaneamente no Gabão e Guiné Conacry.

 

A Confederação Africana de Futebol (CAF) havia inicialmente fixado uma hora única (14.30 horas) para o início dos jogos desta jornada de encerramento da fase preliminar de qualificação. Porém, alterou para a hora habitual.

 

 

Portanto, a vitória torna-se um imperativo para salvar a honra dos próprios “Mambas” e dos moçambicanos em geral, esfumado o sonho de apuramento à fase final da prova. Aliás, esta foi a indicação deixada por João Chissano, então adjunto do holandês Mart Nooij, recentemente despedido do cargo de seleccionador nacional devido a maus resultados.

 

 

Chissano, que vai orientar a equipa de todos nós no embate de amanhã, disse que reina um espírito de entusiasmo e confiança que permite antever um resultado positivo. Fez uma observação também positiva do comportamento dos jogadores no que respeita ao trabalho iniciado quarta-feira, no Estádio da Machava, e que prossegue hoje, data em que serão conhecidos os 18 elegíveis para o desafio.

 

 

Para este jogo, a dupla técnica constituída por João Chissano e Mano-Mano optou pela nata da casa, tendo em conta que este embate não tem maior interesse se se tiver em conta que a qualificação já está perdida. O objectivo é dar oportunidade aos Sub-23, que constituem a base da Selecção Nacional, na perspectiva de constituir um forte alicerce de suporte dos “Mambas”.

 

 

João Chissano convocou nove jogadores novos, entre os Sub-23 e os que acabam de transitar deste escalão, casos de Chico e Rachid, do Ferroviário do Maputo; Manuelito e Reginaldo, do Maxaquene; Aguiar, Nelson, Joaquim e Telinho, da Liga Muçulmana do Maputo; Maninho, do Ferroviário da Beira, e Quim, do Ferroviário de Nampula.

 

 

 

Convocámos estes jogadores porque, como é óbvio, os Sub-23 devem ser a base da Selecção Nacional. Mas, por outro lado, esta medida visa colmatar o défice de jogos internacionais com que esta selecção se debate. A junção de alguns atletas novos visa emprestar-lhes o traquejo internacional de modo a contar com maior leque de opções no futuro”, comentou Chissano.

 

 

 

Questionado sobre as possíveis mudanças na estrutura da equipa e na própria filosofia de jogo, João Chissano elucidou que o objectivo não é romper com o passado, mas sim conciliá-lo às novas coisas, tendo em conta que cada treinador tem a sua identidade e filosofia.

 

 

A filosofia de jogo mudou ligeiramente. Havia uma identidade ímpar e própria do treinador. Aliás, cada treinador tem a sua identidade. Contudo, há continuidade do passado, com uma certa dose de mudança”, elucidou.

Quanto ao ambiente no grupo de trabalho, destacou a vivacidade que caracterizou as duas sessões de treino já efectuadas.

Sinto que há uma maior motivação que concorre para a vitória”, frisou.

 

 

Entretanto, a sessão de ontem foi basicamente virada para os aspectos de finalização, nomeadamente triangulações com desmarcações rápidas e cruzamentos para a área e remates de primeira, com Kampango a assumir a maior responsabilidade na baliza, enquanto Soarito e Nelinho iam lhe auxiliando.

 

 

 

Os “Mambas” voltam a treinar esta manhã no que será o seu último ensaio a anteceder o embate de amanhã.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:08
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
logo do can 2012

 

 

 

 

HOJE

 


RD Congo-Camarões (Grupo “E”)

 

 

AMANHÃ

 


Maurícias-Senegal (Grupo “E”)

Libéria-Mali (Grupo “A”)

Cabo Verde-Zimbabwe (Grupo “A”)

Etiópia-Madagáscar (Grupo “B”)

Nigéria-Guiné-Conacri (Grupo “B”)

Zâmbia-Líbia (Grupo “C”)

Moçambique-Comores (Grupo “C”)  

Marrocos-Tanzania (Grupo “D”)    

Argélia-RC Africana (Grupo “D”)

Gâmbia-Burquina Faso (Grupo “F”)

Mauritânia-Namíbia (Grupo “F”)

Egipto-Níger (Grupo “G”)

África do Sul-Serra Leoa (Grupo “G”)

Suazilândia-Congo (Grupo “I”)

Sudão-Ghana (Grupo “I”)

Uganda-Quénia (“J”)

Guiné-Bissau-Angola (Grupo “J”)

Thade-Malawi (Grupo “K”)

Tunísia-Togo (Grupo “K”)

 

 

DOMINGO

 


Benin-Ruanda (Grupo “H”)

Costa do Marfim-Burundi (Grupo “H”)

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:01
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Quarta-feira, 05 DE Outubro 2011
Mambas

A SELECÇÃO Nacional de Futebol está desde segunda-feira a preparar-se tendo em vista o jogo com as Comores a contar para a sexta e última jornada do Grupo “D” de qualificação para o CAN-2012, no Gabão-Guiné Equatorial.

 

Os treinos estão a decorrer no Estádio da Machava, palco que no próximo sábado irá acolher o jogo, cujo início está previsto para as 14.00 horas.

 

 

Já sem qualquer hipótese de se apurar para o CAN, João Chissano e Mano-Mano, que desempenham provisoriamente a função de técnicos principais, enquanto se aguarda a vinda do principal, em princípio o alemão Gert Engels, fizeram inovações na convocatória chamando jogadores pela primeira vez e deixando de fora alguns dos habituais titulares, casos de Mano, Simão Mathe, Jumisse, Mexer, Dário Khan, Hélder Pelembe e Genito.

 

 

Entre os estreantes estão Joaquim Carvalho (Ferroviário de Nampula), Maninho (Ferroviário da Beira), Gabito (Maxaquene), Chico e Rachide (Ferroviário de Maputo).

 

 

João Chissano e Mano-Mano procuram com esta convocatória observar novos jogadores e ao mesmo tempo iniciar com o programa de renovação dos “Mambas”, injectando “sangue novo”. Para fazer estas experiências, a partida frente às Comores não podia ser melhor, primeiro por se tratar do adversário mais acessível e depois porque a equipa nacional joga apenas para cumprir calendário, por isso sem qualquer tipo de pressão.

 

 

Refira-se, que foi frente aos ilhéus que a equipa nacional conseguiu a única vitória no seu grupo e agora a jogar em casa é ainda mais favorita.

Moçambique ocupa o penúltimo lugar do Grupo C com quatro pontos. A Zâmbia lidera com 12 pontos, seguido da Líbia com 11. As duas equipas vão discutir entre si o apuramento para o CAN na última ronda.

 

 

Entretanto, a Federação Moçambicana de Futebol (FMF) fez saber que os bilhetes para este jogo estarão à venda a partir de sexta-feira ao preço único de 100 meticais.

 

 

QUARTETO DO MALAWI:

 


Os árbitros que irão ajuizar o desafio são provenientes do Malawi segundo o site da CAF. Trata-se de Dennis Nguluwe, árbitro principal; Moffat Champiti e John Ngolanga, auxiliares. O quarto será Anthony Raphael.

O comissário da CAF é do Botswana e chama-se David Fani

 

 

OS CONVOCADOS

 


Guarda-redes: Kampango (Tersana do Egipto), Soarito (Maxaquene) e Nelinho (Liga Muçulmana);

 

 

Defesas: Gabito (Maxaquene), Miro (Platinum Stars), Zainadine Júnior (Desportivo), Aguiar e Mayunda (Liga Muçulmana) e Chico (Ferroviário);

 

 

Médios: Whisky e Rachide (Ferroviário de Maputo), Manuelito (Maxaquene), Paíto, Momed Hagi, Nelson e Telinho (Liga Muçulmana), Joaquim de

 

Carvalho (Ferroviário de Nampula) e Dominguez (Mamelodi Sundowns);

 

 

Avançados: Dário Monteiro (Liga Muçulmana), Reginaldo (Maxaquene), Maninho (Ferroviário da Beira) e Sonito (Ferroviário de Maputo).

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:27
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Sexta-feira, 02 DE Setembro 2011
mambas

OS “Mambas” defrontam amanhã a Líbia, no Cairo, Egipto, em partida da penúltima jornada do Grupo “C” de qualificação para o CAN-2012, segundo decidiu a CAF.

 

Esta decisão visa permitir a saída da selecção líbia do seu país, que se encontra mergulhado numa crise político-militar sem precedentes. Ainda de acordo com a CAF, o jogo será disputado à porta fechada, por razões de segurança.

 

 

Apesar de não jogar em casa desde Fevereiro último, por causa da crise política no país, a selecção da Líbia continua sem derrota. Com duas vitórias e dois empates, ocupa a segunda posição do grupo, com menos um ponto do que a Zâmbia.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:48
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Quarta-feira, 08 DE Junho 2011

 

Mart Nooij-doc

 

 

Diz nunca ter assumido que os Mambas iriam qualificar-se para o CAN-2012!

 

É, no mínimo, um posicionamento controverso! Ridiculo!  O seleccionador nacional de futebol, Mart Nooij, disse à imprensa no final do jogo em que os Mambas perderam com a Zâmbia  (3-0) que nunca havia assumido e  dito que o combinado nacional iria qualificar-se para o CAN-2012.  Respondendo a uma questão levantada pelos jornalistas moçambicanos escalados para cobrir este embate, referente à quarta jornada do grupo C das eliminatórias para o CAN-2012, sobre as contas da  qualificação, após o desaire diante dos “xipolopolo”, o técnico holandês referiu que “nunca disse que Moçambique iria qualificar-se para o CAN-2012”.  Como que a atirar a toalha ao chão, Mart Nooij ajuntou que “vamos continuar a construir uma nova equipa”.

São, de resto, declarações infelizes do técnico holandês, uma vez que, de acordo com os termos de contrato celebrado pelo período de 1 de Agosto a 30 de Julho de 2014, o   mesmo depende das seguintes condições: Artigo 2, vigência: 

1. a) qualificação para o CAN-2012;

b) Qualificação para o CAN Interno-2013;

c) Qualificação para o CAN-2014 e passar a primeira fase do CAN-2014;

d) Qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014.

2. se, no entanto, não se conseguir o objectivo previsto em qualquer alínea do ponto anterior, a Federação Moçambicana de Futebol usará a prerrogativa de terminar o contrato imediatamente após o último jogo da fase de grupos. Neste cenário, não haverá qualquer indemnização.

3. Por quaisquer outras razões, se uma das partes decidir rescindir unilateralmente o contrato, esta deverá compensar a outra parte no valor equivalente a três salários mensais.

4. O contratado obriga-se, mediante a remuneração estipulada no artigo 7 deste contrato e sob a autoridade e direcção do contratante, à prestação de serviços de seleccionador nacional “A” e responsável pela equipa de Sub-23, nomeadamente:

a) elaborar um programa de trabalho detalhado para a Selecção Nacional “A” competir nos CAN existentes durante a vigência deste contrato;

b) formar a equipa Sub-23 e elaborar um programa de trabalho detalhado para competir nos Jogos Africanos - Maputo 2011, Jogos Olímpicos - Londres 2012 e Campeonato do Mundo de Futebol – Rio 2014;

c) elaborar um programa de trabalho detalhado de “rejuvenescimento” da selecção Nacional “A”.

A novela que  o “O pais” contou em primeira mão

Na edição de 6 de Julho de 2010,  o jornal “ O País” publicou um  texto em que abordava a polémica em torno da renovação do contrato de Mart Nooij com a Federação Moçambicana de Futebol.

Na altura, o técnico  holandês terá garantido ao seu representante que iria chegar a Maputo  na primeira semana de Junho, porém, não especificando o dia. A decisão de vir a Maputo fora forçada pelo ultimato dado pelo Governo e pela Federação Moçambicana de Futebol (FMF), após uma reunião de emergência convocada pelo ministro da Juventude e Desportos, Pedrito Caetano.  Os dois organismos ameaçaram romper o contrato, caso Mart não se apresentasse para a assinatura do contrato, num espaço de 15 dias.  Na altura,  o Ministério da Juventude e Desportos e a Federação Moçambicana de Futebol reuniram-se com o agente de Mart Nooij, o holandês Bert Sonnesrein, radicado em Moçambique há mais de uma década.


 

Mas vamos ao que importa: as divergências. Na verdade, não é muita coisa que criava alarido. Analisado o contrato elaborado pelo contratante (Federação Moçambicana de Futebol) e a proposta de rectificações feita por Bert Sonnesrein, conclui-se que as divergências derivam de más interpretações, pequenas armadilhas no contrato e algumas manobras da parte do contratado, sem excluir os erros e lapsos no mesmo documento.

 

 

Fonte:O Pais

publicado por Vaxko Zakarias às 09:21
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Segunda-feira, 06 DE Junho 2011

 

 

 

Mambas-Zambia

 

Moçambique ainda sonha com a presença na Taça de África das Nações, mas o objectivo complicou-se com a derrota na Zâmbia (3-0), que assumiu a liderança do Grupo C, no dealbar da segunda volta. Cinco pontos separam agora as duas equipas.

 

 

De repente a luta pelo apuramento centrou as atenções para Zâmbia e Líbia.

 

A Zâmbia venceu Moçambique por 3-0, no Schanga Stadium, onde, para além do jogo, houve um particular duelo entre Kampango e Cristhofer Katongo, que marcou dois golos e “surpreendeu” Mart Nooij, que havia prometido uma vitória para este embate.

de tanto os “Xipolopolos” irem à fonte, por via de um tapete vermelho estendido pelos “Mambas”, Collins Mbesuma acabou fixando o resultado em 3-0.

 

Para além destes episódios que acompanharam o jogo, há algumas evidências a apontar. A primeira é que a Zâmbia está num nível melhor. Os dois golos de Cristhofer Katongo, aliados à quebra física e anímica dos “Mambas”, deram muita criatividade aos “Xipolopolos”.

 

 

 

 

Crescêncio José

 

Fonte:O Pais

publicado por Vaxko Zakarias às 11:39
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Sexta-feira, 03 DE Junho 2011
Mart Nooij

 

O treinador dos Mambas, o holandês Mart Nooij, dispensou, na última quarta-feira, cinco atletas que se encontravam no conjunto dos 23 eleitos para o embate de amanhã com a selecção zambiana, no seu próprio reduto.
Trata-se dos guarda-redes Guirugo, atacantes Mbinho e Hélder Pelembe, médio Manuelito e defesa central Fanuel. 

Estes atletas não terão convencido o treinador holandês. Consta que alguns desses atletas não chegaram a ter oportunidade de se mostrarem ao seleccionador. Tais são os casos de Fanuel e de Manuelito que chegaram tarde.

 

 

Fonte:O Pais

publicado por Vaxko Zakarias às 10:21
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Quinta-feira, 02 DE Junho 2011
Mambas

A SELECÇÃO Nacional de Futebol chega esta tarde à cidade zambiana de Chingola, onde no sábado defronta a sua congénere da Zâmbia, para a quarta jornada do Grupo C da Fase de Qualificação para o CAN Gabão/Guiné-Equatorial-2012. Os “Mambas” desembarcam naquele local idos de Joanesburgo, onde nos últimos três dias cumpriram um estágio de preparação deste embate decisivo para as suas aspirações.

 

Na África do Sul, a turma moçambicana pretendia, essencialmente, se adaptar ao clima de altitude e às baixas temperaturas que nesta altura do ano se verificam em Joanesburgo e que se assemelham àquelas que encontrará em Chingola, onde os termómetros andam abaixo dos 20 graus centígrados.

 

Paralelamente, quis o seleccionador nacional, Mart Nooij, juntar o grupo de trabalho fora de Maputo, de modo a permitir maior concentração dos atletas na sua missão e, desse modo, mais produtividade, considerando que este jogo irá decidir o futuro dos “Mambas” na caminhada rumo à maior festa do futebol continental do próximo ano, no Gabão e na Guiné-Equatorial. 

SIMÃO AUSENTE MEXER DISPENSADO

 

A equipa nacional que sábado se apresentará face aos zambianos não contará com duas pedras fundamentais, designadamente Simão e Mexer. O primeiro, que actua no Panathinaikos, da Grécia, nem sequer se apresentou ao estágio em terras sul-africanas, enquanto o segundo, jogador dos portugueses do Olhanense, foi dispensado pelo facto de se encontrar a braços com uma lesão.

 

Trata-se, pois, de duas unidades que habitualmente fazem a diferença na forma de jogar dos “Mambas”, nomeadamente no aspecto defensivo, assim como, devido à sua frieza quando em posse do esférico, armam a componente ofensiva.

 

Dos 24 futebolistas pré-convocados por Mart Nooij e que integraram o estágio foram dispensados, para além de Mexer, mais quatro, a saber: Hélder Pelembe, Mbinho, Guirrugo e Manuelito, este último havia sido chamado à última hora para substituir o lesionado Momed Hagy.

 

 

Assim, estará na Zâmbia o seguinte lote:

 

Do Moçambola – Pinto, Chico, Whisky, Tchitcho, Campira, Genito, Zainadine Jr., Dário Monteiro, Fanuel, Jerry, Nelson e Kito.

Do estrangeiro – Kampango, Mano, Jumisse, Paíto, Dário Khan, Dominguez e Miro.

Destaque para a presença, numa partida desta natureza, dos novatos Chico, central do Ferroviário de Maputo – na época transacta representou o Sporting da Beira – Tchitcho, médio dos “locomotivas” da capital do país, Nelson, meio-campista da Liga Muçulmana, e Kito, central do Costa do Sol.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 14:29
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
Posts mais comentados
blogs SAPO