Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 05 DE Março 2014

É ESTA noite (18 horas) que a Selecção Nacional de futebol defronta a sua congénere de Angola, no Estádio Nacional do Zimpeto, em partida amigável inserida na data-FIFA, mas que ganhará ainda maior peso por servir de homenagem a Mário Esteves Coluna, o ícone de futebol moçambicano e mundial falecido semana passada.

Os técnicos das duas selecções, que participaram ontem numa conferência de imprensa de lançamento do jogo, prometem um embate renhido e que terá valor acrescido pelos objectivos que cada uma das selecções persegue neste momento.

 

Os “Mambas”, tal como os “Palancas Negras”, preparam-se para as eliminatórias de acesso ao CAN-2015, cuja fase final terá lugar em Marrocos. O combinado nacional parte para este jogo com quase todas pedras que evoluem no estrangeiro, enquanto os angolanos trazem grande dos que evoluem internamente. O “central” Mexer e o ponta-de-lança Reginaldo chegaram ontem completando a convocatória feira para este desafio.

 

Chamado a comentar sobre o encontro, João Chissano, seleccionador nacional, disse que o sentimento é o mesmo quando se joga com uma selecção como Angola. “Será um jogo difícil. Um jogo que não podemos puxar para o nosso lado”, realçou.

 

Quanto à equipa que enfrentará os angolanos, tendo em conta a presença de jogadores mais velhos e novos, João Chissano disse que é uma missão que não se aventa fácil.

Por exemplo, temos na selecção um jogador de apenas 19 anos de idade (Faisal Bangal do Atalanta da Itália) e que se vai estrear amanhã. Portanto, teremos poucas oportunidades para unir jogadores e este é um primeiro passo rumo à preparação das eliminatórias que se seguem”, elucidou, ajuntado que é sempre bom defrontar Angola, dada a rivalidade saudável que existe e que acaba alimentando boas expectativas sempre que as duas selecções se encontram.

 

 

Por seu turno, o “capitão” dos “Mambas”, o veterano Dário Khan, destacou que é sempre bom jogar com Angola, porque tem bons jogadores. Quanto ao jogo, Khan não avançou prognósticos porque trata-se de uma selecção nova, cuja maior parte de jogadores é desconhecia.  

 

E sempre difícil jogar com novos talentos. Vamos jogar com muita calma e fazer o que nos compete, aproveitando o pouco tempo que temos para fazer o melhor. O mais importante é que a equipa está saudável e bem moralizada”, ressaltou.

 

O técnico angolano, Romeu Filimão, assumiu o comando da equipa a 18 de Fevereiro último e aponta este embate o princípio duma nova etapa para superar maus resultados.

 

Assumimos que temos um grande desafio. Os resultados não têm sido satisfatórios e a nossa missão é que daqui para a frente comecem a aparecer. Este será um jogo em que homenagearemos Mário Coluna, mas queremos acima de tudo que seja uma grande festa, mostrar ao público que temos jogadores e qualidade que dos permite acreditar que teremos bons resultados”, anotou, acrescentando que o jogo desta noite servirá fundamentalmente para o teste e observação de alguns talentos que evoluem internamente, muitos deles que se estrearão pelos “Palancas Negras”.

 

Estamos a formar uma nova selecçao e acreditamos que os jogadores disponíveis podemos fazer um bom jogo. Não trouxemos, por razões objectivas, para este jogo muitos “internacionais”, mas isso não nos retira a credibilidade. Sabemos que há uma grande rivalidade e estaremos perante jogadores que jogam em Portugal e África do Sul. Mas penso que são selecções equilibradas em termos de valor”, salientou.

 

 

Já o “capitão” angolano, Jaime, afirmou que o jogo será encarado com maior responsabilidade e seriedade. “Apesar de termos trabalhado pouco tempo juntos, podemos conseguir um bom resultado se cada jogador, na sua posição, dar o sei máximo. “É sempre difícil jogar fora, pelo que vamos encarar o jogo com humildade”.

 

O jogo de logo á noite será dirigido por um quarteto zambiano, sendo o árbitro principal Wellington Kaoma. Os auxiliares são Bruno Tembo e Moses Mwale, enquanto o quarto árbitro é Stanley Hachiwa. O oficial da FMF chama-se Nkutema Namoto.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:26
 O que é? |  O que é? | favorito

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO