Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 05 DE Março 2014

É ESTA noite (18 horas) que a Selecção Nacional de futebol defronta a sua congénere de Angola, no Estádio Nacional do Zimpeto, em partida amigável inserida na data-FIFA, mas que ganhará ainda maior peso por servir de homenagem a Mário Esteves Coluna, o ícone de futebol moçambicano e mundial falecido semana passada.

Os técnicos das duas selecções, que participaram ontem numa conferência de imprensa de lançamento do jogo, prometem um embate renhido e que terá valor acrescido pelos objectivos que cada uma das selecções persegue neste momento.

 

Os “Mambas”, tal como os “Palancas Negras”, preparam-se para as eliminatórias de acesso ao CAN-2015, cuja fase final terá lugar em Marrocos. O combinado nacional parte para este jogo com quase todas pedras que evoluem no estrangeiro, enquanto os angolanos trazem grande dos que evoluem internamente. O “central” Mexer e o ponta-de-lança Reginaldo chegaram ontem completando a convocatória feira para este desafio.

 

Chamado a comentar sobre o encontro, João Chissano, seleccionador nacional, disse que o sentimento é o mesmo quando se joga com uma selecção como Angola. “Será um jogo difícil. Um jogo que não podemos puxar para o nosso lado”, realçou.

 

Quanto à equipa que enfrentará os angolanos, tendo em conta a presença de jogadores mais velhos e novos, João Chissano disse que é uma missão que não se aventa fácil.

Por exemplo, temos na selecção um jogador de apenas 19 anos de idade (Faisal Bangal do Atalanta da Itália) e que se vai estrear amanhã. Portanto, teremos poucas oportunidades para unir jogadores e este é um primeiro passo rumo à preparação das eliminatórias que se seguem”, elucidou, ajuntado que é sempre bom defrontar Angola, dada a rivalidade saudável que existe e que acaba alimentando boas expectativas sempre que as duas selecções se encontram.

 

 

Por seu turno, o “capitão” dos “Mambas”, o veterano Dário Khan, destacou que é sempre bom jogar com Angola, porque tem bons jogadores. Quanto ao jogo, Khan não avançou prognósticos porque trata-se de uma selecção nova, cuja maior parte de jogadores é desconhecia.  

 

E sempre difícil jogar com novos talentos. Vamos jogar com muita calma e fazer o que nos compete, aproveitando o pouco tempo que temos para fazer o melhor. O mais importante é que a equipa está saudável e bem moralizada”, ressaltou.

 

O técnico angolano, Romeu Filimão, assumiu o comando da equipa a 18 de Fevereiro último e aponta este embate o princípio duma nova etapa para superar maus resultados.

 

Assumimos que temos um grande desafio. Os resultados não têm sido satisfatórios e a nossa missão é que daqui para a frente comecem a aparecer. Este será um jogo em que homenagearemos Mário Coluna, mas queremos acima de tudo que seja uma grande festa, mostrar ao público que temos jogadores e qualidade que dos permite acreditar que teremos bons resultados”, anotou, acrescentando que o jogo desta noite servirá fundamentalmente para o teste e observação de alguns talentos que evoluem internamente, muitos deles que se estrearão pelos “Palancas Negras”.

 

Estamos a formar uma nova selecçao e acreditamos que os jogadores disponíveis podemos fazer um bom jogo. Não trouxemos, por razões objectivas, para este jogo muitos “internacionais”, mas isso não nos retira a credibilidade. Sabemos que há uma grande rivalidade e estaremos perante jogadores que jogam em Portugal e África do Sul. Mas penso que são selecções equilibradas em termos de valor”, salientou.

 

 

Já o “capitão” angolano, Jaime, afirmou que o jogo será encarado com maior responsabilidade e seriedade. “Apesar de termos trabalhado pouco tempo juntos, podemos conseguir um bom resultado se cada jogador, na sua posição, dar o sei máximo. “É sempre difícil jogar fora, pelo que vamos encarar o jogo com humildade”.

 

O jogo de logo á noite será dirigido por um quarteto zambiano, sendo o árbitro principal Wellington Kaoma. Os auxiliares são Bruno Tembo e Moses Mwale, enquanto o quarto árbitro é Stanley Hachiwa. O oficial da FMF chama-se Nkutema Namoto.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:26
 O que é? |  O que é? | favorito
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO