Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 29 DE Abril 2014

 

O FERROVIÁRIO da Beira só pode se queixar de si próprio, olhando pelas oportunidades criadas durante o jogo, porque foi quem teve situações mais claras de golo, mas os atacantes acabaram falando mais alto, isto é, não traduziram em golo as ocasiões criadas.

Mirando aquilo que foi a produção dos dois conjuntos no rectângulo de jogos, os donos da casa mereciam outra sorte, mas no futebol diz-se que quem não marca é quem sofre.

 

Os donos da casa entraram mais agressivos com tendência de querer resolver o jogo na primeira parte e logo aos cinco minutos o caldeirão vibrou com uma jogada trabalhada com o jovem promissor Reinildo, nas M’fiki, isolado, não conseguiu bater o guardião Milagre.

 

Os “locomotivas” foram quem comandaram os primeiros 30 minutos mas de forma paulatina foram disperdiçando e esbanjando as oportunidades de golo criadas, enquanto os “muçulmanos” organizavam-se a partir do seu meio-campo partindo para o contra-ataque de forma rápida.

 

A táctica da Liga Muçulmana veio ao de cima, quando aos 34 minutos, Liberty  aproveitou-se bem duma jogada de contra-ataque que embaraçou tanto a defensa como o guardião Willard. Daí em diante assistiu-se a um jogo murcho, com jogadas que terminavam só no meio-campo e assim foi-se ao intervalo.

 

Quem julgou que a turma da casa iria entrar na etapa conclusiva do jogo mais motivada enganou-se, pois tudo não passou de algo atabalhoado o que foi bem aporoveitado pelos visitantes.

 

Numa jogada de contra-ataque rápido Hagy cruzou para o interior da área, onde surgiu Jerry a dizer sim à bola, marcando um golo bastante festejado nas hostes visitantes, enquanto o caldeirão ficava totalmente gelado, isso aos 82 minutos.

 

O combinado de Lucas Bararijo andou à procura, a todo custo, do golo do empate, mas já estava escrito que a sorte desta vez  era madrasta para os donos da casa.

 

Conformados com o resultado, os últimos minutos foram derimidos sem grandes preocupações, embora o Ferroviario da Beira tivesse tido ainda a ousadia de espreitar um pouco mais o reduto recuado do antagonista, mas sem sucessos até ao apito final.Quanto à turma de arbitragem chefiada por  Arlindo Silvano pode se dizer que esteve perfeita.

 

 

FICHA TÉCNICA

 

ARBITRAGEM: Arlindo Silvano; auxiliado por Arsénio Marrengula  e Domingos Chixava. Quarto árbitro foi Afonso Xavier.

 

FERROVIÁRIO DA BEIRA: Willard; Butana, Emídio, Cufa e Edson; Reinildo, Coutinho, Paito (Mario); N’fiki (Mandava), Maninho e Nelito (Djei) .

 

LIGA MUÇULMANA: Milagre; Chico, Beu, Eusebio, Gildo; Liberty, Imo (Zico), Kito, Muadro(Nando); Sonito (Jerry) e Hagy.

 

Cartão amarelo para Emidio do Fer. Beira e Gildo da Liga.

 

 

LAITON SIFA

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:50
 O que é? |  O que é? | favorito
Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
15
18
19
20
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO